Subjetividade

Pesquisador

Vivian Mendes Lopes

Possui graduação em Licenciatura Português Inglês e mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade Federal Fluminense (2005 e 2008). Cursou doutorado em Letras também pela Universidade Federal Fluminense (2014), na área de Teoria e Análise Linguística, com ênfase em Linguística Funcional Sistêmica.

Claudia Osorio da Silva

Graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1977), mestrado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1994), doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (2002) e pós doutorado em Linguagem e Trabalho na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2009-2010). Atualmente é professora associada do Departamento de Psicologia da Universidade Federal Fluminense, lecionando disciplinas da área de psicologia do trabalho.

Giuliano Lamberti Obici

Giuliano Lamberti Obici, (Maringá- PR) artista-pesquisador com ênfase em arte sonora. Professor adjunto do Departamento de Arte da Universidade Federal Fluminense. Doutor em artes pela USP com bolsas sanduíche do DAAD-CAPES na Technische Universität de Berlim e FAPESP. Mestre em comunicação e semiótica pela PUC-SP e psicólogo formado pela UEM. Publicou o livro "Condição da Escuta" pela editora 7Letras.

Maristela Barenco Corrêa de Mello

Professora do Departamento de Ciências Humanas e do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade Federal Fluminense, Campus de Santo Antônio de Pádua (Infes/UFF). Professora colaboradora do Programa de Pós -Graduação em Meio Ambiente (PPG-MA/UERJ). Possui graduação em Psicologia pela Universidade Católica de Petrópolis, graduação em Teologia pelo Instituto Teológico Franciscano, mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, e doutorado em Meio Ambiente pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Izaque Miguel da Silva

Possui graduação (2010), mestrado (2012) e doutorado (2017) em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense.

Letícia Barros Palma da Rosa

Professora Adjunta no curso de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense - Campus Universitário Rio das Ostras. Doutora em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2019) e mestre em Serviço Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2013), mesma instituição onde graduou-se (2008). Tem experiência de atuação na área de Serviço Social, com ênfase em Assistência Social. Na academia a centralidade de seus trabalhos está na discussão sobre trabalho e juventude.

Maria Paula Sibilia

Fez graduação em Ciências da Comunicação e em Antropologia na Universidad de Buenos Aires (UBA, 1992), mestrado em Comunicação na Universidade Federal Fluminense (UFF, 2002), doutorado em Comunicação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 2007) e doutorado em Saúde Coletiva na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ, 2006). Atualmente é professora associada da Universidade Federal Fluminense, no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e no Departamento de Estudos Culturais e Mídia.

André do Eirado Silva

Possui graduação em Formação de Psicólogo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Filosofia - Universite de Paris VIII (1988) e doutorado em Filosofia - Universite de Paris VIII (1995). Atualmente é professor associado 4 do Departamento de Psicologia da Universidade Federal Fluminense.

Ana Paula Bragaglia

Professora do departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense - Uff (IACS), nos cursos de graduação em Comunicação Social e pós-graduação (Stricto Sensu - Mestrado) em Mídia e Cotidiano (Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC). Pesquisadora com ênfase na ética publicitária e do marketing em geral e em estudos críticos sobre comunicação de massa, indústria cultural e consumo, em torno de seu projeto de pesquisa mais amplo intitulado Produção e recepção midiáticas na sociedade de consumo sob a perspectiva da Ética.

Anna Faedrich Martins Lopez

Professora Adjunta de Literatura Brasileira na UFF, atuando na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Literatura. Coordenadora da disciplina Literatura Comparada na Graduação em Letras (EAD/UFF/CECIERJ). Coordena o Grupo de Estudos "Literatura de autoria feminina na Belle Époque brasileira: memória, esquecimento e repertórios de exclusão", com uma bolsa de Iniciação Científica da FAPERJ. Foi professora do CAp-UERJ e colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira da UERJ. Foi Pesquisadora Residente na Fundação Biblioteca Nacional (RJ).

Bernardo Barros Coelho de Oliveira

Mestre em Filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ (1992) e doutor em Filosofia pela mesma instituição (1997). Sua tese, na área de Estética moderna, intitulou-se O que significa orientar-se pela arte: uma leitura da Crítica da Faculdade do juízo. Atualmente é professor associado do Depto. de Filosofia da Universidade Federal Fluminense. Atua no ensino e pesquisa em estética, filosofia da arte e história da filosofia. Autores estudados: H. G. Gadamer, P. Ricoeur, W. Benjamin e I. Kant (3ª crítica).

Priscila Pires Alves

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994), mestrado em Psicologia Social e da Personalidade pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), doutorado em Psicologia Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2006) e pós- doutorado pela Universidade de Brasília (2019). Atualmente é professora associada da Universidade Federal Fluminense.

Danilo Augusto Santos Melo

Possui graduação em Psicologia (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal de Sergipe (2001), mestrado em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense (2005) e doutorado em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2010). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Processos Psicológicos Básicos.

Franklin Alves Dassie

É professor Adjunto de Teoria da Literatura na UFF. Possui graduação em Português/Literaturas pela Universidade Federal Fluminense (2004), Mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (2007) e Doutorado em Literatura Comparada (2011) na mesma universidade.
É pesquisador do Grupo de Pesquisa "Relações entre Literatura, Filosofia e Psicanálise na contemporaneidade" (LIFIPs) e do Grupo de Pesquisa "Estudos Contemporâneos da Tradução", atuando principalmente com as relações entre poesia, teatro, cinema, política e tradução.

Katia Faria de Aguiar

Possui Graduação em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula (1981), Mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (1990), Doutorado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2002) e Pós Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional / UERJ. Atualmente é Professora Associada da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, nos campos da educação, saúde e assistência.

Subscrever Subjetividade