Gênero

Pesquisador

Olivia von der Weid

É Professora Adjunta no Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense (GAP/UFF). Doutora em Antropologia Cultural pelo PPGSA/UFRJ (2014). Mestre em Sociologia (com concentração em antropologia) também pelo PPGSA/UFRJ (2008) e bacharel em ciências sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). De 2015 a 2018 realizou estágio pós-doutoral na UERJ. Suas principais áreas temáticas de pesquisa são: gênero e sexualidade.

Nicolas Wasser

Possui graduação em Antropologia Social e História (Universität Basel, 2007), mestrado em Estudos Latino-Americanos (Freie Universität Berlin, 2011) e doutorado em Sociologia (PPGSA, Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ, 2016). Professor adjunto do Departamento de Sociologia e Metodologia em Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense (UFF) e associado ao Núcleo de Estudos de Gênero Pagu (UNICAMP), onde realizou Pós-Doutorado (FAPESP) entre 2019-2021.

Rolf Malungo de Souza

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1996), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2003) e doutorado em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense (2010). Atualmente é expert consultant - Syracuse University, coordenador adjunto da Universidade Federal Fluminense e professor da Universidade Federal Fluminense.

Eliza de Souza Silva Araújo

Professora Adjunta do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas (GLE) na Universidade Federal Fluminense. Doutora em Letras (Literatura, Crítica e Tradução) pelo Programa de Pós Graduação em Letras da UFPB com período sanduíche na Univeristy of Massachusetts, Amherst, Estados Unidos. Graduada em Letras (com habilitação em Língua Inglesa) e período de intercâmbio na State University of New York (2012). Mestra em Letras, concluiu pesquisa sobre literatura africana na linha de Estudos Culturais e de Gênero.

Áurea Cristina Santos Dias

Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF), lotada no Departamento de Serviço Social. Doutora em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2021), linha de pesquisa Questão Social, Políticas Públicas e Serviço Social. Possui graduação e mestrado em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Experiência como assistente social no atendimento à crianças e adolescentes, mulheres vítimas de violência doméstica e saúde mental.

Sônia Maria Dantas Berger

Professora do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal Fluminense (ISC/UFF). Pós-doutorado pelo Programa de Pós-Graduação do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IESC/UFRJ). Psicóloga formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com Doutorado e Mestrado em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP-FIOCRUZ) e Especializações em Teorias e Práticas Ambulatoriais em Instituições Públicas (UFRJ e UFF).

Andrea Barbosa Osorio Sarandy

Doutora em Antropologia pelo PPGSA/IFCS/UFRJ, mestre em Sociologia pela mesma institução, bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela UFRJ. Fez pós-doutorado no PPGAS/UFRN. Atualmente é Profa. Associada III no INEST//UFF. É docente credenciada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFES. Tem atuado na área de Antropologia e Sociologia. Pesquisou relações de gênero, corpo, religião e ensino de Sociologia na Educação Básica. Desenvolve pesquisa na área de Relações Humano-Anima há mais de dez anosl.

Andrea Soutto Mayor

Professora Adjunto do Curso de Psicologia da Universidade Federal Fluminense (Departamento de Psicologia - Campos dos Goytacazes). Possui Doutorado em Psicologia pela Universidade de São Paulo - USP (2007), Mestrado em Sexologia pela Universidade Gama Filho (2001), Especialização em Educação Especial: Deficiência Mental pela Universidade Federal Fluminense (1996) e graduação e bacharelado em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990). Pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Justiça e Segurança da Universidade Federal Fluminense.

Érica Tavares da Silva Rocha

Professora Adjunta no Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional, Ambiente e Políticas Públicas (PPGDAP) da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Campos dos Goytacazes. Pesquisadora do Núcleo de Pesquisas e Estudos Socioambientais (NESA/UFF Campos) e do INCT Observatório das Metrópoles (IPPUR/UFRJ).

Rolf Ribeiro de Souza

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense (2010), mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (2003) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e graduação em Ciências Sociais (1996) na mesma universidade.

Tem Pós-doutorado Júnior (CAPES) no InEAC (Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos) da UFF (2012/2013)

É professor Adjunto da Universidade Federal Fluminense.

Luiz Cláudio Duarte

Graduação em História pela Faculdade de Filosofia de Campos (1985). Especialista em História do Brasil pela Faculdade de Filosofia de Campos (1989). Mestrado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (1999) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (2012). Pós-Doutor em História Social pelo Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2019). Professor Associado do Departamento de História de Campos da Universidade Federal Fluminense (CHT/UFF). Líder do Laboratório de História do Poder e das Ideologias (LAHISPI).

Jacqueline de Oliveira Muniz

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense - UFF em 1986. Mestre em Antropologia Social pelo Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1992. Doutora em Ciência Política pelo IUPERJ, Universidade Candido Mendes (1999) com a tese Ser policial é, sobretudo, uma razão de ser: cultura e cotidiano da PMERJ. Professora adjunta do Departamento de Segurança Pública e do Mestrado de Justiça e Segurança Pública (DSP), Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (IAC) da UFF.

Amanda Oliveira Rabelo

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2000), mestrado em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2004), doutorado em Ciências da Educação pela Universidade de Aveiro (2009), pós-doutorado em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra (2012), pós-doutorado em Educação pelo PPGE-UFRJ (2018).

Subscrever Gênero