Comunicação

Pesquisador

Pedro Aguiar

Jornalista e professor de jornalismo na UFF. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC/UFF). Doutor em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2018). Mestre em Comunicação pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010). Bacharel em Comunicação Social (Jornalismo) pela ECO/UFRJ (2007) e cursou graduação em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (2002-2006).

Lia Bahia Cesário

É professora doutora do curso de cinema e vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF). No doutorado desenvolveu a pesquisa A telona e a telinha: encontros e desencontros entre cinema e televisão no Brasil, e no mestrado realizou a dissertação Uma análise do campo cinematográfico brasileiro sob a perspectiva industrial. Ganhou Prêmio do Rumos Itaú Cultural 2010/2011 de pesquisa concluída.

Tatiane Mendes Pinto

Doutorado em Comunicação Social pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro.Mestre em Mídia e Cotidiano da UFF no PPGMC (Programa de Pós -Graduação em Mídia e Cotidiano), membro do Laccops (Laboratório de Investigação em Comunicação Comunitária e Publicidade Social) e do Laboratório de Comunicação, Arte e Cidade(UERJ) .Graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela FACHA (2010) ..Professor Assistente I no IBMEC, com as disciplinas RTVC(2016.2) e Produção de imagens em movimento(2016.2) .É especialista em Artes Visuais (2010).

Anderson de Almeida Cano Ortiz

Doutor e mestre em Comunicação Social na área de Tecnologias de Comunicação e Cultura pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Graduou-se pela Uerj em Relações Públicas e Jornalismo, com especialização em Pesquisa de Mercado e Opinião Pública.

Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense, em tempo parcial, no curso de Publicidade e Propaganda. Leciona também na graduação de Relações Públicas das Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA) desde 2008.

Luana Inocêncio

Professora do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal Fluminense. Coordenadora de Curso e Docente de Publicidade e Propaganda da Universidade Estácio de Sá (Niterói/RJ). Bolsista de Pesquisa Produtividade UNESA. Atua como Coordenadora de Criação na Agência Sapiens - Agência Júnior de Publicidade e Propaganda (UNESA), desde 2021.

Beatriz Brandão Polivanov

Professora adjunta do Departamento de Estudos Culturais e Mídia da Universidade Federal Fluminense (UFF), do qual foi Chefe de 2016 a 2018. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da mesma instituição. Doutora e mestre pelo mesmo programa, onde desenvolveu pesquisa de pós-doutorado com bolsa CAPES/PNPD na linha de Estéticas e Tecnologias da Comunicação. Atuou como pesquisadora visitante / pós-doc na Universidade de McGill, em Montreal, no Departamento de Art History and Communication Studies de 2019 a 2020.

Elianne Ivo Barroso

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Recherches Cinématographiques et Audiovisuelles - Université de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) (1990), doutorado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e Pós-Doutorado pela Université du Québec Abitibi-Témiscamingue. Atualmente é professora Associada II e coordenadora do Labores - Laboratório de Extensão e Pesquisa da Universidade Federal Fluminense.

Helen Pinto de Britto Fontes

Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Comunicação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro -UERJ. Professora nos cursos de graduação em Jornalismo e em Publicidade na Universidade Federal Fluminense e na Universidade Estácio de Sá. Jornalista e radialista. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Comunicação Empresarial, Jornalismo, Rádio e Locução. Já atuou como coordenadora acadêmica do Curso de Comunicação Social e na estruturação e coordenação de laboratórios experimentais de rádio, mídia impressa, tv e assessoria de comunicação em universidades.

Ericson Telles Saint Clair

Ericson Dokan Saint Clair é Professor do Programa de Pós-graduação em Cultura e Territorialidades (PPCULT) e do Departamento de Artes e Estudos Culturais da Universidade Federal Fluminense. Doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ e Mestre em Comunicação pela UFF. Suas pesquisas enfatizam as relações entre ética, cultura, corpo e subjetividade. É autor de "Gabriel Tarde e a Comunicação: por um contágio da diferença" (Multifoco, 2012) e "Para além de Black Mirror: estilhaços distópicos do presente", com Maria Cristina Franco Ferraz (N-1, 2020).

Guilherme Bento de Faria Lima

Professor Assistente do Curso de Publicidade do Departamento de Comunicação Social da UFF - Universidade Federal Fluminense.
Doutor em Comunicação Social pela PUC-Rio - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Mestre em Comunicação Social pela PUC-Rio - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Graduado em Comunicação Social - Publicidade pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Membro do LACCOPS (Laboratório de Investigação em Comunicação Comunitária e Publicidade Social), responsável pela área de Produção

Mayka Juliana Castellano Reis

Professora adjunta do departamento de Estudos Culturais e Mídia e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutora e mestre em Comunicação e Cultura pelo PPGCOM da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ), na linha Mídia e Mediações Socioculturais, onde também realizou um pós-doutorado, com bolsa da Faperj. É uma das coordenadoras do grupo de pesquisa TeleVisões e organizadora do Congresso TeleVisões, ambos ligados ao PPGCOM-UFF.

Rosa Inês de Novais Cordeiro

Professora titular da Universidade Federal Fluminense (UFF), onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão no Instituto de Arte e Comunicação Social, Departamento de Ciência da Informação. É doutora em Comunicação e Cultura (UFRJ/1998). Realizou o scholar-in-residence (estágio sênior-CNPq) na University of Illinois at Urbana-Champaign (2010/2011) e o pós-doutorado no Instituto de Psicologia da UFRJ (2003). Mestre em Comunicação (UFRJ/1990). Especializações em Documentação Científica (CDC/IBICT, 1979) e em Planejamento, Organização e Direção de Arquivos (UFF/1985).

Maria Teresa Mattos de Moraes

Niteroiense, possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (1988) , mestrado em Ciências da Arte pela Universidade Federal Fluminense (2000), e doutora pelo Programa de Pós Graduação em Comunicação da UERJ. É professora adjunta da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Cinema e Produção Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: curta-metragem, cinema - festivais, cinema documentário, cinema - exibição e cinema.

Danielle Ramos Brasiliense

Professora Associada do departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense. Membro do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura UFRJ. Pós-Doutorado na França, Université de Versailles Saint-Quentin de Yvelines no Centre d'Histoire Culturelle des Société Contemporaines. Doutora e Mestre em Comunicação e Cultura. Graduação em Jornalismo. Coordenadora do Laboratório de Mídia e Violência.

Mariana Baltar Freire

Doutora em Comunicação pela UFF (2007), professora da graduação em Cinema e Audiovisual da UFF onde desenvolve temas vinculados à dimensão do afeto e do excesso como estratégicas estéticas e matrizes culturais para dar conta do lugar do corpo, das sensações e emoções no contexto da cultura audiovisual contemporânea. É professora do PPGCine (Programa de Pós-graduação em Cinema e Audiovisual) da UFF.

Simone Maria Andrade Pereira de Sá

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. 
É Professora Titular da Universidade Federal Fluminense, no curso de Estudos de Mídia e no Programa de Pós-Graduação em Comunicação, onde coordena o LabCult - Laboratório de Pesquisa em Culturas Urbanas e Tecnologias da Comunicação.
Foi professora visitante no Departamento de Música do King's College, London,U.K.

Joao Batista de Abreu Junior

Professor titular do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense. Doutor e mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com especialização em rádio por Ciespal/ Radio Nederland Training Centre, e graduação em Jornalismo e Ciências Socais pela UFF. Autor dos livros "As manobras da informação - análise da cobertura jornalística da luta armada no Brasil" (Eduff/ Mauad, 2000) e "Batalha sonora - o rádio na Segunda Guerra Mundial", organizado em conjunto com a professora Cida Golin (UFRGS).

Eleonora de Magalhães Carvalho

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Mestre em Comunicação pela mesma instituição; Especialista em Comunicação, Sociedade e Mercados pela Unileste-MG e graduada em Comunicação Social, habilitação Jornalismo, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Miguel Ferreira Lima

Professor, coordenador de cursos de pós-graduação e pesquisador na área de Marketing, Internacionalização de Empresas, Marketing Internacional, Empreendedorismo, Comércio Exterior, Planejamento Estratégico, e Governança Corporativa em empresas internacionalizadas. É Doutor em Comunicação Empresarial pela UFRJ (2006) e Mestre em Administração pela UFF (2002), Pós-Graduado em Relações Internacionais pela UERJ (1989) e Bacharel em Ciências Econômicas pela UFF (1982). Atuou em cargos executivos na Petrobrás Internacional - Braspetro, e na Petrobrás Comércio Internacional - Interbrás.

Felipe da Costa Trotta

Professor do Departamento de Estudos Culturais e Mídia e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Possui Bacharelado em Música (Composição), Mestrado em Música e Doutorado em Comunicação e Cultura. Como pesquisador, tem desenvolvido principalmente temas ligados à circulação da música na sociedade, sobretudo nos aspectos relacionados aos embates e conflitos ligados às estratégias de construção de valor, incluindo questões de territorialidade, espaço público, sexualidade, etnia, desigualdades sociais e violência.

Larissa de Morais Ribeiro Mendes

Larissa Morais é professora do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense (UFF) há pouco mais de uma década e desde 2018 integra o corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC/UFF). Coordenou o curso de Jornalismo da Universidade de 2016 a 2020. Graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela ECO/UFRJ (1996), é mestre em Comunicação pela PUC-Rio (2006) e doutora na mesma área pela UFF (2012).

Emmanoel Martins Ferreira

Emmanoel Ferreira é Bacharel em Desenho Industrial/Programação Visual pela Escola de Belas-Artes da UFRJ; Mestre e Doutor em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da UFRJ, com estágio Pós-Doutoral realizado no Poscom/UFBA. Professor do Departamento de Estudos Culturais e Mídia e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Coordenador do GP Games da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação ? INTERCOM, no período 2020-2021.

Rafael de Luna Freire

Professor associado no curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal Fluminense (UFF) e no Programa de Pós Graduação em Cinema e Audiovisual (PPGCine-UFF). Realiza pesquisas em História do Cinema Brasileiro, Preservação Audiovisual e Tecnologias das Imagens em Movimento. 
É coordenador do Laboratório Universitário de Preservação Audiovisual (LUPA-UFF).
Bolsista do Programa Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ, 2019).

Kleber Santos de Mendonca

É Professor Associado III do Departamento de Estudos Culturais e Mídia da Universidade Federal Fluminense. Professor dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) e em Cultura e Territorialidades (PPCULT) da UFF e Coordenador do Núcleo de Estudos em Violência e Comunicação (NevCom) da UFF. Doutor em Comunicação (UFF/2007), é autor dos livros "A "pacificação" dos sentidos: mídia e violência na cidade em disputa" (Caravanas, 2018) e "A punição pela Audiência: um estudo do Linha Direta"(Quartet/Faperj, 2002).

Thaiane Moreira de Oliveira

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense e professora permanente do programa de Pós-graduação em Comunicação pela mesma instituição. Coordenadora do Laboratório de Investigação em Ciência, Inovação, Tecnologia e Educação (Cite-Lab). Membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências. Pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC) e pesquisadora da Cátedra Unesco de Políticas para o Multilinguismo da Unesco.

Fabián Rodrigo Magioli Núñez

É professor do Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF), desde 2009. Também é credenciado ao Programa de Pós-Graduação em Cinema e Audiovisual (PPGCine-UFF). Sua formação acadêmica foi inteiramente realizada na Universidade Federal Fluminense: Bacharel em Comunicação Social (Habilitação em Cinema), em 2000; Mestre em Comunicação, Imagem e Informação, em 2003, e Doutor em Comunicação, em 2009.

Guilherme Nery Atem

Possui graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda - pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso (1995); especialização em Filosofia Contemporânea pela PUC-Rio (1997); mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000); mestrado em Letras / Lingüística pela UERJ (2009); doutorado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004) e Pós-Doutorado em Letras / Linguística pela UERJ (2013-2014). Atualmente é professor Associado 4 da Universidade Federal Fluminense (IACS / Deptº Comunicação Social).

Hadija Chalupe da Silva

Possui graduação em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos (2004). É doutora pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense, onde desenvoveu pesquisa sobre filmes brasileiros realizados em coprodução internacional. Nesta mesma instituição, desenvolveu a dissertação Distribuição do Filme Brasileiro: considerações acerca de cinco filmes lançados no ano de 2005, vencedora do Prêmio SAV para Publicação de Pesquisa em Cinema e Audiovisual (2009-2010).

Karla Holanda de Araújo

Professora do curso de Cinema e Audiovisual e do PPGCine (Programa de Pós-graduação em Cinema e Audiovisual), da Universidade Federal Fluminense. É doutora em Comunicação (UFF), onde estudou a produção documentária independente, centrando-se no Programa DocTV; é mestra em Multimeios (Unicamp), onde desenvolveu pesquisa sobre o documentário feito no Nordeste. Realizou pós-doutorado no Núcleo de Estudos de Gênero - PAGU/Unicamp (2019-2020).

Afonso de Albuquerque

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991) e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996). Atualmente é consultor ad hoc da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, consultor ad hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, consultor ad hoc do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e professor associado 4 da Universidade Federal Fluminense.

Carlos Eduardo Machado Fialho

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1984), mestrado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Atualmente é professor associado da Universidade Federal Fluminense. É também avaliador de projetos da FACEPE (Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco).

Renata de Rezende Ribeiro

Professora e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC-UFF) e professora do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutora em Comunicação e mestre em Comunicação, Imagem e Informação, ambos pela UFF. Realizou pesquisas de pós-doutorado na Université René Descartes - Sorbonne/ Paris V (FRA), com bolsa CAPES, entre 2017 e 2018, e também na Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ), entre 2013 e 2015.

Luana Ellen de Sales Inocencio

Professora do curso de Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) da Universidade Federal Fluminense. Doutoranda em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense, linha de pesquisa Estéticas e Tecnologias da Comunicação. Pesquisadora do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias da Comunicação (LabCult) e do Grupo de Pesquisa MORE THAN LOUD: cenas musicais urbanas e culturas DIY (Universidade do Porto/Portugal).

Wagner da Silveira Bezerra

Professor substituto do Departamento de Comunicação da Universidade Federal Fluminense. Doutorando do Programa de Pós Graduação em Comunicação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC/RJ.

Mestre em Mídia e Cotidiano pela Universidade Federal Fluminense (2015). Especialista em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Graduado em Marketing pela Universidade do Norte do Paraná.

Miguel Furtado Freire da Silva

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense (1973), mestrado em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (2006) e doutorado em Comunicação Pela Universidade Federal Fluminense (2011). Atualmente é Professor Associado III DE da Universidade Federal Fluminense, atuando principalmente nos seguintes temas: cinema, fotografia, vídeo e ecologia.

Subscrever Comunicação