Sociologia e Antropologia

Pesquisador

Olivia von der Weid

É Professora Adjunta no Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense (GAP/UFF). Doutora em Antropologia Cultural pelo PPGSA/UFRJ (2014). Mestre em Sociologia (com concentração em antropologia) também pelo PPGSA/UFRJ (2008) e bacharel em ciências sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). De 2015 a 2018 realizou estágio pós-doutoral na UERJ. Suas principais áreas temáticas de pesquisa são: gênero e sexualidade.

Raquel Giffoni Pinto

Doutora em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2015. Mestre em Sociologia e Antropologia pela UFRJ (2010). Bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela UFRJ (2007).

Maria Claudia Martinelli de Mello Pitrez

Professora adjunta do Departamento de Ciências Sociais de Campos dos Goytacazes,da Universidade Federal Fluminense. Doutorado em Ciências Sociais no PPCIS/Uerj/ Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Mestrado em Sociologia e Antropologia no PPGSA/IFCS/Universidade Federal do Rio de Janeiro. Bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais IFCS/Universidade do Rio de Janeiro.
Desenvolve trabalhos na área de educação e cultura, envolvendo campos de pesquisas na educação formal e não formal; festividades e ritual; arte, ritmo e pertencimento.

Ana Paula Massadar Morel

Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutora em Antropologia Social pelo Museu Nacional (UFRJ), onde realizou pesquisa sobre educação autônoma no movimento zapatista. Atuou como educadora e pesquisadora na área de Educação e Saúde na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV) na Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Tem como principais áreas de interesse: Educação Popular em Saúde, Antropologia e Educação e Movimentos Sociais e Autonomia.

Ana Paula da Silva

Doutora em Antropologia Cultural pelo o Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ, (PPGSA/IFCS/UFRJ), onde, defendeu tese que foi publicada em livro em 2014 pela Editora EDUFF, intitulada "Pelé e ocomplexo de vira-latas: discursos sobre raça e modernidade no Brasil". Tem mestrado em Sociologia e Antropologia no PPGSA/IFCS/UFRJ, com o título "Menino do Rio: cenários do negro na propaganda" defendida em 2000. Possui graduação (IFCS/UFRJ) e licenciatura em Ciências Sociais (Faculdade de Educação/UFRJ).

Ana Paula Poll

Doutora em Ciências Humanas (Antropologia Cultural), em 2008, pelo PPGSA do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Instituição onde também concluiu o mestrado em Sociologia e Antropologia (2001) e o bacharelado em Ciências Sociais (1999). Atualmente é Professora Associada da Universidade Federal Fluminense/ Instituto de Ciências Humanas e Sociais de Volta Redonda (ICHS).

Maria Raquel Passos Lima

Professora Adjunta de Antropologia na Universidade Federal Fluminense (2018). Doutora em Ciências Humanas (Antropologia Cultural) pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA) da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestre em Sociologia (com ênfase em Antropologia) pela mesma instituição. Bacharel em Ciências Sociais pela UFRJ. Professora Substituta do Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da UFRJ entre 2015 e 2017. Realizou Pós-Doutorado em Sociologia pelo PPGSA da UFRJ (2017).

Raphael Jonathas da Costa Lima

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002), mestrado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e doutorado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010).

Andrea Barbosa Osorio Sarandy

Doutora em Antropologia pelo PPGSA/IFCS/UFRJ, mestre em Sociologia pela mesma institução, bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela UFRJ. Fez pós-doutorado no PPGAS/UFRN. Atualmente é Profa. Associada III no INEST//UFF. É docente credenciada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFES. Tem atuado na área de Antropologia e Sociologia. Pesquisou relações de gênero, corpo, religião e ensino de Sociologia na Educação Básica. Desenvolve pesquisa na área de Relações Humano-Anima há mais de dez anosl.

Christina Vital da Cunha

Professora Associada do Departamento de Sociologia e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) da Universidade Federal Fluminense. Possui Bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense. É mestre em Antropologia e Sociologia pela Universidade Federal do Rio (PPGSA/IFCS). Cumpriu seu doutorado em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro ? PPCIS/UERJ e no Centre de Recherche sur le Brèsil Contemporain na École de Hautes Études en Sciences Sociales (estágio de doutoramento) com financiamento da CAPES. Coordena o LePar ?

André Augusto Pereira Brandão

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2002). É professor titular da Universidade Federal Fluminense, atuando no Programa de Estudos Pós-graduados em Política Social.

Renata de Sá Gonçalves

Atualmente é professora do Departamento de Antropologia e do PPGA da Universidade Federal Fluminense. Doutora em Antropologia pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008). Realizou estagio pos-doutoral na Universidad de Buenos Aires, Argentina (2015). Foi pesquisadora visitante na Universität Tübingen, Alemanha (2018). Foi Coordenadora da área de Ciencias Sociais/ PIBID/Capes 2014-2018. É coordenadora do Núcleo de Antropologia das Artes, Rituais e Sociabilidades Urbanas (NARUA) da UFF desde 2010.

Cristiano Fonseca Monteiro

Professor Associado do Departamento de Sociologia e Metodologia das Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia da Universidade Federal Fluminense. Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde também concluiu o Mestrado em Sociologia e o Bacharelado em Ciências Sociais. Foi membro do Conselho Fiscal da Sociedade Brasileira de Sociologia (2019-2021).

Sabrina de Oliveira Moura Dias

Formada em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com mestrado e doutorado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/PPGSA). Realizou estágio doutoral na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) em Paris de maio de 2012 a abril de 2013. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal Fluminense (UFF), vinculada ao Departamento Multidisciplinar de Volta Redonda e vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Desenvolvimento/ Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP).

Hernan Armando Mamani

Possui graduação em Ciências Sociais pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (1990), mestrado em Sociologia - Programa de Pós-graduação em Sociologia (1996) e doutorado em Planejamento Urbano e Regional pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área Sociologia do trabalho, Sociologia urbana e Planejamento Urbano e Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: economia informal, desenvolvimento urbano, circulação urbana e regional.

Vivian Gilbert Ferreira Paes

Pesquisadora associada ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia 'Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos" (INCT-InEAC). É vinculada ao Departamento de Segurança Pública da Universidade Federal Fluminense e ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito (PPGSD), UFF.

Doutora em Sociologia e Mestre em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGSA-IFCS-UFRJ). Em 2017, foi professora visitante no Collège Doctoral COMUE Nord Pas de Calais, França.

Flávio Marcos Silva Sarandy

possui graduação em ciências sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo (2002) e mestrado em sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPFH/ UERJ). Professor Adjunto na Universidade Federal Fluminense (UFF), na área de Sociologia.

Sérgio Ricardo Rodrigues Castilho

Possui Graduação como Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), Pós-Graduação Latu Sensu em Pensamento Social e Político no Brasil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Mestrado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e Doutorado em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Desde dezembro de 2009 é professor do Departamento de Sociologia da Universidade Federal Fluminense.

Subscrever Sociologia e Antropologia