Rachel Bertol Domingues

Professora no Departamento de Comunicação Social da UFF e no Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC) da mesma instituição. Vice-coordenadora do PPGMC-UFF. Doutora em Comunicação e Cultura pela UFRJ (2016), com Sanduíche na Universidade de Princeton (EUA). Coordena o grupo de pesquisa Tempos: Temporalidade dos Meios Comunicacionais, Linguagem e Cotidiano, do PPGMC-UFF, e o projeto de extensão Reconfigurações Jornalísticas, que integra a Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCD), da qual é uma das coordenadoras. É pesquisadora dos grupos Imprensa e Circulação de Ideias: o papel dos periódicos nos séculos XIX e XX, da Casa de Rui Barbosa, e do Mídia, Memória e Temporalidades (Memento), da UFRJ. Participa da Rede de Grupos de Pesquisa da Historicidade nos Processos Comunicacionais e da Rede de História Latino-Americana da Mídia (Rehlam). Possui graduação em Comunicação Social (Jornalismo) pela UFRJ (1993) e Mestrado em Comunicação e Cultura pela mesma universidade (2003). Interessa-se pela história dos meios, teoria das mídias, práticas jornalísticas (incluindo tópicos de desinformação) e circuitos editoriais. Foi responsável pela redação do livro Memória de Repórter: Lembranças, casos e outras histórias de jornalistas brasileiros, do Centro de Cultura e Memória do Jornalismo Brasileiro; editora da publicação Princípios Inconstantes, do Itaú Cultural, sobre jornalismo cultural e novas mídias; coordenadora da Machado de Assis Magazine, da Biblioteca Nacional, para divulgar a literatura brasileira no exterior. Trabalhou por 15 anos no jornal O Globo e atuou em veículos como Valor Econômico e o francês Le Monde.

É da imprensa e quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: Rumores (USP)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Mídia e memória da ditadura brasileira: a história e os usos políticos do passado 2021 10.11606/issn.1982-677x.rum.2021.181756 Português
Revista: REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE)
Título Anoordem crescente doi Idioma
REVISTA BRASILEIRA, DIRIGIDA POR JOSÉ VERÍSSIMO - MOTOR DE UMA GERAÇÃO* 2020 10.1590/3510306/2020 Português
Revista: E-Compós (Brasília)
Título Anoordem crescente Idioma
Godard pelo celular e Le livre d'image: Anacronismos midiáticos contemporâneos 2020 Português
Revista: Machado de Assis em Linha
Título Anoordem crescente doi Idioma
Entre o crítico e o tipógrafo: Machado de Assis e a invenção de espaços editoriais, em dois tempos 2020 10.5090/1983-6821202013294 Português
Revista: INTERCOM (SÃO PAULO. IMPRESSO)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Anacronias da crítica literária em jornal: a transição da matriz romântica ao rodapé 2020 10.1590/1809-5844202013 Português
Revista: Anais da Biblioteca Nacional
Título Anoordem crescente Idioma
Um republicano entre monarquistas: José Veríssimo nos primeiros anos do Jornal do Brasil 2019 Português
Revista: Revista Contracampo
Título Anoordem crescente Idioma
O que nos diz a máquina de escrever? Notas sobre um Brasil moderno 2018 Português
Revista: MATRIZES (ONLINE)
Título Anoordem crescente Idioma
Em torno da crítica literária em jornal: sobre Lima Barreto e José Veríssimo 2017 Português
Revista: Contracampo (UFF)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Memórias em disputa na cobertura do caso Snowden: A reinvenção da autoridade jornalística na era digital 2016 10.20505/contracampo.v35i3.852 Português
Revista: Revista Brasileira de História da Mídia
Título Anoordem crescente Idioma
O Circuito do livro: Formas de acesso à literatura na contemporaneidade (Brasil anos 2000) 2015 Português
Revista: Revista Eco-Pós (Online)
Título Anoordem crescente Idioma
Narrativas amerindias na encruzilhada de influências literárias 2013 Português
Revista: Terceira Margem
Título Anoordem crescente Idioma
Não existe poesia best-seller 2004 Português
Revista: Estudos Históricos (Rio de Janeiro)
Título Anoordem crescente Idioma
Como os sem-terra se inventaram pela mídia: a novidade social nos anos 1990 2003 Português