Lucilene Morandi

Graduada em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo UFES (1984), tendo especialização pelo Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro COPPEAD/UFRJ (1985). Mestre em Economia pela Universidade Federal Fluminense UFF (1997) e doutora em Economia da Indústria e da Tecnologia pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro IE/UFRJ (2004). Professora Associada da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense (UFF), desde 2005. Professora do Programa de Pós-Graduação em Economia. Coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Gênero e Economia (NPGE) da UFF, desde 2017. Foi vice coordenadora da Faculdade de Economia da UFF (2006-2014). Antes de ingressar na UFF, foi professora da Faculdade de Economia da Pontifícia Universidade Católica PUC-RJ (1997-2000) e coordenadora do curso de Economia da Universidade Cândido Mendes (1999-2005). Trabalhou também como pesquisadora externa bolsista do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Econômico PNUD junto ao Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA-RJ (1995-1998) e (2001-2005). Tem publicado capítulos de livros e artigos em revistas especializadas no Brasil e no exterior, tendo apresentado trabalhos em vários congressos nacionais e internacionais. A área de pesquisa concentra-se em macroeconomia, especialmente ligadas ao crescimento econômico, políticas macroeconômicas, políticas públicas, crises econômicas e desigualdade, com destaque para as desigualdades de gênero e a economia do cuidado, especialmente relativas ao mercado de trabalho.

Quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: Revista de Economia Contemporânea
Título Anoordem crescente doi Idioma
Uma análise da distribuição do PIB per capita entre mulheres e homens no Brasil, 1991-2015 2021 10.1590/198055272515 Português
Revista: Economia e Sociedade (UNICAMP)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Mensurar o trabalho não pago no Brasil: uma proposta metodológica 2021 10.1590/1982-3533.2020v30n1art09 Português
Revista: TRABALHO NECESSÁRIO
Título Anoordem crescente Idioma
A divisão sexual do trabalho no contexto da pandemia 2021 Português
Revista: Structural Change and Economic Dynamics
Título Anoordem crescente doi Idioma
Economic development and stagnation in Brazil (1950-2011) 2020 10.1016/j.strueco.2020.01.005 Inglês
Revista: Brazilian Journal of Political Economy (Online)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Structural change and productivity growth in Brazil: where do we stand? 2020 10.1590/0101-31572020-3089 Português
Revista: ATLANTIC REVIEW OF ECONOMICS
Título Anoordem crescente Idioma
Social indicator of unpaid work in Brazil: a methodological proposal 2020 Inglês
Revista: Textos para Discussão (Niterói)
Título Anoordem crescente Idioma
A crise financeira de 2007-08: Uma visão geral 2014 Português
Estimativas de estoque de capital fixo com as novas Contas Nacionais, Brasil - 1940-2009 2011 Português
Estimação do estoque de capital das empresas estatais (1970/2000) e o impacto das privatizações nos anos 90 2011 Português
Proposta de mudanças na estrutura do índice de preços pagos pelos agricultores 2008 Português
Estoque e produtividade de capital fixo - Brasil, 1940-2004 2005 Português
Revista: Econômica (Niterói)
Título Anoordem crescente Idioma
Dossiê: Crise financeira internacional - Introdução 2009 Português
Revista: Boletim de Conjuntura - Nota Técnica
Título Anoordem crescente Idioma
Tendências da relação capital/produto na economia brasileira 2000 Português
Revista: Texto para Discussão (IPEA. Brasília)
Título Anoordem crescente Idioma
Estoque de riqueza e a poupança do setor privado - Brasil, 1970-1995 1998 Português