Karla Holanda de Araújo

Professora do curso de Cinema e Audiovisual e do PPGCine (Programa de Pós-graduação em Cinema e Audiovisual), da Universidade Federal Fluminense. É doutora em Comunicação (UFF), onde estudou a produção documentária independente, centrando-se no Programa DocTV; é mestra em Multimeios (Unicamp), onde desenvolveu pesquisa sobre o documentário feito no Nordeste. Realizou pós-doutorado no Núcleo de Estudos de Gênero - PAGU/Unicamp (2019-2020). É autora do livro Documentário Nordestino (Annablume, 2008); organizadora do livro Mulheres de Cinema (Numa, 2019); e coorganizadora dos livros Feminino e Plural: mulheres no cinema brasileiro (Papirus, 2017) e Cinema e América Latina: estética e culturalidade (Socine, 2016). Seu campo de interesse de pesquisa gira em torno de documentário, mulheres no cinema, autoria feminina, televisão, produção independente, regionalização, América Latina. Através do Grupo de Pesquisa Documentário e Fronteiras, do qual é líder, desenvolve os projetos de pesquisa Documentário no fim do mundo, Personagens femininas no documentário brasileiro, Cartografia do documentário brasileiro, que resultou no Catálogo Documentário Brasileiro (documentariobrasileiro.com.br). Como cineasta, recebeu alguns prêmios de fomento e em festivais. Dirigiu o longa Kátia (2013) e os curtas Vestígio (2002) e Riso das Flores (2004), além de uma série de documentários sobre escritores brasileiros (1992-1999), dentre outros.

É da imprensa e quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: Lumina
Título Anoordem crescente Idioma
Pegadas do cinema de Olga Futemma: Entrevista 2020 Português
Revista: Doc On-Line: revista digital de cinema documentario
Título Anoordem crescente doi Idioma
Interseccionalidade em The emerging woman (1974) 2020 10.25768/20.04.02.28.10 Português
Revista: Film Quarterly
Título Anoordem crescente doi Idioma
Brazilian women's cinema from Retomada to Bolsonaro 2020 10.1525/FQ2020.74.2.20 Português
Revista: CADERNOS PAGU
Título Anoordem crescente Idioma
Por que não existiram grandes cineastas mulheres no Brasil? 2020 Português
Revista: DEVIRES - CINEMA E HUMANIDADES
Título Anoordem crescente Idioma
Helena Solberg: entre o pessoal e o político 2017 Português
Revista: REVISTA FAMECOS (ONLINE)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Da história das mulheres ao cinema brasileiro de autoria feminina 2017 10.15448/1980-3729.2017.1.24361 Português
Revista: Contemporanea (UFBA. Online)
Título Anoordem crescente doi Idioma
DOCTV: A COMPLEXA TRAMA DA DESCENTRALIZAÇÃO E DA REGIONALIZAÇÃO 2016 10.9771/1809-9386contemporanea.v14i1.14274 Português
Revista: Significação: Revista de Cultura Audiovisual
Título Anoordem crescente doi Idioma
Documentaristas brasileiras e as vozes feminina e masculina 2015 10.11606/issn.2316-7114.sig.2015.103434 Português
Revista: Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística
Título Anoordem crescente Idioma
A produção independente na televisão e sua presença em um contexto local 2014 Português
Revista: REBECA. Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual
Título Anoordem crescente Idioma
A estética nos filmes do DocTV 2014 Português
Revista: Ciberlegenda (UFF. Online)
Título Anoordem crescente Idioma
Regionalizando a produção de documentários ? DocTV 2013 Português
Revista: Cambiassu: Estudos em Comunicação (Online)
Título Anoordem crescente Idioma
Suíte Havana e a expectativa do espectador 2009 Português
Revista: Fênix (UFU. Online)
Título Anoordem crescente Idioma
Documentário e Micro-história 2006 Português
Revista: Devires (UFMG)
Título Anoordem crescente Idioma
Documentário brasileiro contemporâneo e a Micro-história 2004 Português