Julio Cesar Machado de Paula

Possui Bacharelado e Licenciatura em Letras/Português pela Universidade de São Paulo, universidade em que obteve o Mestrado com dissertação sobre Manuel Bandeira e a poesia cabo-verdiana. Doutorado em Letras: Estudos Literários (Literatura Comparada) pela Universidade Federal de Minas Gerais, com projeto sobre Guimarães Rosa e José Luandino Vieira. Pós-doutorado pela Universidade de São Paulo, tendo como tema o trauma e o testemunho em literaturas da diáspora africana.Realizou estágios de pesquisa na Université de la Sorbonne-Nouvelle (orientação de Michel Laban) e no Fonds Ricoeur, em Paris. Realizou estágios de docência na USP e na UFMG. Foi professor das Universidades Federais do Amazonas (UFAM) e da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (UNILAB), bem como da Fundação Belas Artes de São Paulo. Atualmente é professor de Literaturas Africanas em Língua Portuguesa na Universidade Federal Fluminense (UFF). É editor-chefe da AbeÁfrica: Revista da Associação Brasileira de Estudos Africanos. Recebeu, entre outros, os prêmios Xerox/Livro Aberto, com o livro de poemas O Itinerário dos Óleos (ed. Cone Sul), e Nascente (USP/Ed. Abril), pelo livro Mimnas. Como dramaturgo, escreveu Luzia, a convite do Teatro do Brejo Bento. Publicou em 2016 O quintal e o mundo.

Plataforma Lattes

É da imprensa e quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: Mulemba - Revista de Estudos de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa
Título Anoordem crescente Idioma
Nós matamos o cão tinhoso! 2018 Português
Revista: Mulemba
Título Anoordem crescente Idioma
Das vozes que vêm: coralidade, tempo e resistência em ?Deixa passar o meu povo!?, de Noémia de Sousa 2016 Português
Revista: Todas as Musas: Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte (Impresso)
Título Anoordem crescente Idioma
Sinais de fumaça: feitiços e feiticeiros negros em A carne, de Júlio Ribeiro e 'São Marcos', de João Guimarães Rosa 2014 Português
Revista: {Arte 21}
Título Anoordem crescente Idioma
O entrever da história em narrativas de Luiz Ruffato 2014 Português
Revista: Studia Iberystyczne - Kracóvia
Título Anoordem crescente Idioma
Nem todas as crianças vingam: genealogia e afrodescendência na literatura brasileira 2014 Português
Revista: Il Protagora
Título Anoordem crescente Idioma
A metáfora viva como paradoxo: uma contribuição de Paul Ricoeur para a leitura de Grande sertão: veredas 2012 Português
Revista: Nau Literária (UFRGS)
Título Anoordem crescente Idioma
Luandino Vieira e as encruzilhadas do Makulusu 2011 Português
Revista: Em Tese (Belo Horizonte. Online)
Título Anoordem crescente Idioma
O que ajunta espalha: tempo e paradoxo em Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, e Nós, os do Makulusu, de Luandino Vieira 2011 Português
Revista: Todas as Musas: Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte (Online)
Título Anoordem crescente Idioma
Mimesis entre espinhos: uma leitura de 'O cacto', de Manuel Bandeira 2010 Português