Fátima Priscila Morela Edra

Sou Doutora em Ciência Política pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT, Lisboa, Portugal), Mestre em Ciências em Engenharia de Transportes pelo Programa de Engenharia de Transportes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PET/COPPE/UFRJ), Especialista em Gestão em Turismo e Hotelaria pela Faculdade Hélio Alonso (FACHA) e em Ciência Política pela Faculdade Paraíso (FAP) e Graduada em Turismo pela Universidade Estácio de Sá (UNESA). Atuo na docência e na pesquisa no Programa de Mestrado em Turismo (PPGTUR) e na graduação em Turismo na Faculdade de Turismo e Hotelaria (FTH), ambos na Universidade Federal Fluminense (UFF), instituição que certificou, no CNPq, o grupo de pesquisa que lidero: ETTA- Experiências em Turismo e Transporte Ativos. Ademais, sou vinculada como pesquisadora nos grupos: PLANETT - Núcleo de Planejamento Estratégico de Transportes e Turismo (UFRJ), Grupo de Pesquisa Transportes e o Turismo - GPTT (UNIRIO) e Bicycle Tourism Research Group - BikeTour (UFSC). Meus interesses de pesquisa se debruçam na compreensão do processo de transformação dos espaços urbanos que influenciam as mobilidades e modificam as relações entre o corpo urbano e o corpo cidadão determinando estilos de vida que, como consequência, promovem alterações nos destinos turísticos e nas motivações e formas de deslocamentos da demanda turística. Neste contexto, o foco dos meus estudos e produções versam sobre: micromobilidade, turismo ativo, cicloturismo, slow travel, experiências turísticas e travel shaming. Para desenvolvimento e êxito do trabalho conto com o apoio da minha própria experiência individual e familiar quando, ao trocar a residência de cidade/bairro distante, disperso e desconectado para área com características de uso de solo misto foi possível aderir à caminhabilidade e ao ciclismo como modos de transporte, além de ainda passarmos a contar com entorno vecinal propício à ocupação dos espaços públicos para lazer e prática de atividades físicas. E, quando viajo, busco por destinos turísticos em que seja possível dar continuidade ao meu estilo de vida, vivenciar a vida existente nos destinos e retornar com uma mala repleta de experiências. Para saber mais sobre minha atuação profissional e até mesmo para pensar em possíveis parcerias, convido você a abrir e navegar pelo meu currículo.

É da imprensa e quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF