A performatividade nos quatro discursos