Osteoperiostite proliferativa como resposta óssea a fissuras: importância do diagnóstico histopatológico - relato de caso