O brincar como experiência intersubjetiva de comunicação no psicodiagnóstico interventivo infantilCidiane Vaz GonçalvesResumo.O psicodiagnóstico infantil é uma prática avaliativa que busca promover a compreensão das experiências intrapsíquicas, intersubjetivas e socioculturais da criança. Neste cenário, o brincar se institui como modo de comunicação da criança com o examinador

Título: 
O brincar como experiência intersubjetiva de comunicação no psicodiagnóstico interventivo infantilCidiane Vaz GonçalvesResumo.O psicodiagnóstico infantil é uma prática avaliativa que busca promover a compreensão das experiências intrapsíquicas, intersubjetivas e socioculturais da criança. Neste cenário, o brincar se institui como modo de comunicação da criança com o examinador
Ano: 
2019
ISSN: 
19811624
Home: 
[http://https://www.revistas.usp.br/estic/article/view/154805/158896]
Idioma: 
Português