Greenberg, Danto e O Fim da Arte