Generificando a pesquisa sobre endividamento imobiliário: primeiros desafios