Disjunção, Iteração, Serialização: a gag como unidade episódica no humor gráfico