COVID-19 E A REINVENÇÃO DA VIDA A PARTIR DO RISCO DE FINITUDE: UM OLHAR A PARTIR DE VIKTOR FRANKL