A 'audiência pública simulada' em sala de aula como prática para abordar conflitos territoriais