AÇÕES EDUCATIVAS PARA IDENTIFICAÇÃO CORRETA DO PACIENTE: RELATO DE EXPERIÊNCIA