Sensoriamento Remoto

Publicação

Pesquisador

Paulo Roberto Alves dos Santos

Doutor em Ciências pelo Departamento de Geologia do Instituto de Geociências, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, em 2011, tendo como linha de pesquisa: geotecnologias aplicadas a exploração mineral de Cobre e Ouro na Província Mineral de Carajás, no Estado do Pará. Mestre em Engenharia Cartográfica pelo Instituto Militar de Engenharia, IME, em 2005, com a linha de pesquisa: avaliação da precisão vertical dos modelos SRTM em diferentes escalas: um estudo de caso na Amazônia. Graduado em Engenharia Cartográfica pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1978).

Felix Carriello

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal Fluminense (1995), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2004) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (2012). Atualmente é professor da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geociências, atuando principalmente nos seguintes temas: sensoriamento remoto, planejamento ambiental, geoprocessamento, modernismo e amazônia, desflorestamento.

Mônica Carneiro Alves Senna

Possui graduação em Meteorologia com distinção "Cum Laude" pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001), mestrado em Meteorologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (2004) e doutorado em Meteorologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (2008).

Claudio Henrique Reis

Possui graduação em Bacharelado e Licenciatura Em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (1991), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1997) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Atualmente é professor associado I, professor do curso de Graduação (Bacharelado e Licenciatura) em Geografia e Mestrado em Geografia do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional do Polo Universitário de Campos dos Goytacazes da Universidade Federal Fluminense.

Angelica Carvalho Di Maio

Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1989), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1994) e doutorado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004). Atualmente é professora associada no Departamento de Análise Geoambiental da Universidade Federal Fluminense e Vice-Diretora do Instituto de Geociências. Participa como colaboradora do Comitê Institucional do PROIAC/PROGRAD/UFF - Programa de Inovação e Assessoria Curricular.

Elias Ribeiro de Arruda Junior

Engenheiro Cartógrafo e Mestre em Ciências Cartográficas pela UNESP de Presidente Prudente-SP, Doutor em Geologia pela UFRJ, Pós-Doutorado em Sensoriamento Remoto no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Professor Associado no Departamento de Análise Geoambiental da Universidade Federal Fluminense (UFF), onde ensina Geoprocessamento e Processamento Digital de Imagens de Sensoriamento Remoto. Lider do Grupo de Pesquisa do CNPq intitulado LIGEA (Laboratório de Investigação de Geotecnologias em Estudo Ambientais).

Subscrever Sensoriamento Remoto