Antropologia Social

Pesquisador

Simone Silva

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (2001), mestrado (2004) e doutorado (2010) pelo Programa de Pós-graduação em Antropologia social do Museu Nacional - UFRJ. É professora no departamento de Ciências Sociais da UFF (Campos dos Goytacazes), coordenadora do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos Rurais/UFF, vice-coordenadora do curso de Bacharelado de Ciências Sociais e pesquisadora colaboradora no NUCEC/MN/UFRJ.

Jair de Souza Ramos

Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (1990), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994), doutorado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e realizou pós doutorado na École Normale Supérieure, seção Sciences Sociales, em Paris (2006) . Atuamente é professor adjunto do Departamento de Sociologia da Universidade Federal Fluminense, e participa das pós graduações em Antropologia e Sociologia na mesma universidade.

Ana Paula Massadar Morel

Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutora em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS), Museu Nacional, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde realizou pesquisa sobre educação no movimento zapatista. Foi educadora na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV) na Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Tem como principais áreas de interesse: Antropologia Política, Antropologia e Educação, Educação Popular em Saúde e Movimentos Sociais e Autonomia.

Lygia Baptista Pereira Segala Pauletto

É Professora Associada da Universidade Federal Fluminense na Faculdade de Educação e no Programa de Pós-graduação em Cultura e Territorialidade.

Ana Claudia Cruz da Silva

Professora Associada I do Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1995), mestrado (1998) e doutorado (2004) em Antropologia Social pelo PPGAS/Museu Nacional/Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pesquisadora do Cosmopolíticas ? Núcleo de Antropologia.

Roman Eduardo Goldenzweig

Possui graduação em Antropologia - Facultad de Humanidades y Artes - Universidad Nacioanal de Rosario (1991) e Mestrado em Antropologia Social - PPGAS - Museu Nacional - UFRJ (1995). Professor Assistente II da UFF (Universidade Federal Fluminense), atuando principalmente nos seguintes temas: esfera pública; cidadania; corporalidades, sexualidade, gênero e biopoder, no âmbito da saúde e da educação (especialmente na formação e nas políticas transversais).
Doutorando em Antropologia Social pelo PPGAS/Museu Nacional/UFRJ.

Antônio Carlos Rafael Barbosa

Professor Associado do Departamento de Antropologia e do Programa de Pós-graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense. Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro /Museu Nacional (2005). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Política, Antropologia Simétrica e Teoria Antropológica, atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos minoritários; dinâmicas criminais, grupos marginalizados; políticas públicas sobre drogas; sistema penitenciário.

Wallace de Deus Barbosa

Professor e pesquisador do Departamento de Arte (GAT) do Instituto de Artes e Comunicação Social (IACS) da Universidade Federal Fluminense (UFF). Integra o quadro docente do bacharelado em Produção Cultural e no Programa de Pós Graduação CULTURA e TERRITORIALIDADES ? PPCULT ? IACS ? UFF. Doutor em antropologia pelo Museu Nacional (PPGAS-UFRJ, 2001) e Mestre em Artes Visuais pela Escola-UFRJ de Belas Artes ? UFRJ (1991).

Andrea Barbosa Osorio Sarandy

Doutora em Antropologia pelo PPGSA/IFCS/UFRJ, mestre em Sociologia pela mesma institução, bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela UFRJ. Fez pós-doutorado no PPGAS/UFRN. Atualmente é Profa. Adjunta IV e Vice-diretora do Instituto de Ciências da Sociedade/UFF. É docente credenciada no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFES. Tem atuado na área de Antropologia. Pesquisou relações de gênero, corpo, religião e ensino de Sociologia na Educação Básica. Atualmente desenvolve pesquisa na área de Relações Humano-Animal.

Emílio Nolasco de Carvalho

Graduado em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1996), mestre em Psicologia Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2001) e doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional/UFRJ (2007). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense, atuando em ensino, pesquisa e extensão com modos de subjetivação nos espaços urbanos e em comunidades tradicionais no Brasil.

André Dumans Guedes

Professor do Departamento de Sociologia e Metodologia das Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) da Universidade Federal Fluminense (UFF). Graduado em Ciências Econômicas (UFMG), mestre em Planejamento Urbano e Regional (IPPUR/UFRJ) e doutor em Antropologia Social (PPGAS/Museu Nacional/UFRJ). Foi ganhador do Prêmio ANPOCS 2012 de Melhor Tese de Doutorado em Ciências Sociais. É um dos líderes do Grupo de Pesquisa Fronteiras (UFF), e pesquisador do Núcleo de Antropologia da Política (NUAP) e do Núcleo de Pesquisas em Cultura e Economia (NuCEC).

Joana Miller

É professora adjunta IV do Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense. Doutora em Antropologia Social pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Realizou pós-doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris (2008). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Etnologia Indígena. Realiza pesquisa com os Mamaindê (Nambiquara) desde 2002.

Célia Letícia Gouvea Collet

Professora (Associada) da Universidade Federal Fluminense. Possui graduação em CIENCIAS SOCIAIS pela Universidade Federal Fluminense (1992), mestrado em ANTROPOLOGIA SOCIAL pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001) e doutorado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação intercultural, narrativas orais, conhecimentos tradicionais na escola.

María Gabriela Scotto

Possui graduação em Ciencias Antropologicas pela Facultad de Filosofia y Letras, da Universidad de Buenos Aires (1985). Mestrado em Antropologia Social pelo PPGAS / Museu Nacional / UFRJ (1994), e doutorado pela mesma instituição (2003). Atualmente é professora adjunta do Departamento de Ciências Sociais do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional da UFF (Campos dos Goytacazes) e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento regional, ambiente e políticas públicas (PPGDAP/UFF).

Marina Bay Frydberg

Professora do Departamento de Arte da Universidade Federal Fluminense, no curso de Produção Cultural e no Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades. Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais (2003), Especialista em Patrimônio Cultural em Centros Urbanos (2005), Mestre em Antropologia Social (2006) e Doutora em Antropologia Social (2011), toda formação realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realizou estágio de doutoramento no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (2009).

Deborah Bronz

Professora do Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense - GAP/UFF e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia PPGA/UFF. Pesquisadora vinculada ao Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento - LACED/MN/UFRJ e ao Grupo de Estudos Amazônicos - GEAM/UFF. Doutora em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, do Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - PPGAS/MN/UFRJ (2011) e mestre pela mesma instituição (2005). Graduada em Geografia pela UFRJ (2001).

Ana Lucia Silva Enne

possui Graduação em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1988), Mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e Doutorado em Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Foi bolsista de pós-doutorado PRODOC CAPES no Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFF de 2003 a 2005, PPG em que atuou como membro permanente de 2006 a 2013, orientando mestrado e doutorado.

Daniel Bitter

Mestre em Artes Visuais pela EBA-UFRJ (2000) e Doutor em Antropologia pelo IFCS-UFRJ com Estágio no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE - Lisboa). Atualmente é professor Associado do Departamento de Antropologia e do Programa de Pós-graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense - UFF.

Mario Grynszpan

Licenciado a bacharel em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF), mestre e doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com pós-doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), Paris, França.

Ana Paula Mendes de Miranda

Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1993) e Doutora em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2002). É Professora Associada (I) do Departamento de Antropologia. É professora do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense, tendo sido Coordenadora do Programa entre os anos 2012 a 2014. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2 - CA CS - Antrop., Arqueol., C. Política, Direito, Rel. Internacionais e Sociologia.

Sérgio Ricardo Rodrigues Castilho

Possui Graduação como Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), Pós-Graduação Latu Sensu em Pensamento Social e Político no Brasil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Mestrado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e Doutorado em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Desde dezembro de 2009 é professor do Departamento de Sociologia da Universidade Federal Fluminense.

Marcos Otavio Bezerra

Antropólogo, professor titular na Universidade Federal Fluminense. É graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1987) e possui mestrado (1993) e doutorado (1998) em Antropologia Social pelo PPGAS/Museu Nacional/UFRJ. Realizou estágios de pós-doutorado na École normale superieur (Paris) (2003) e École des Hautes Études en Sciences Sociales (Paris) (2014). É professor do Departamento de Sociologia e Metodologia das Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia.

Fernanda Ferreira de Abreu

Professora Adjunta do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense. Integrante do Grupos de Pesquisa Retórica do Consumo (ReC/UFF/CNPq) e Ética na Sociedade de Consumo (ESC/UFF/CNPq). Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense (2004) e mestrado em Ciência da Arte pela mesma instituição (2011), além de especialização em Marketing (2009) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É doutora em Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2016).

Subscrever Antropologia Social