História

Pesquisador

Vitor Manoel Marques da Fonseca

Graduado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1979), mestre (1987) e doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (2007). Estágio de pós-doutorado (2009-2011) junto ao PPGHC, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob supervisão do prof. dr. Francisco Carlos Teixeira da Silva, desenvolvendo a pesquisa "Associação para o recreio: estatutos de sociedades registradas na Secretaria de Polícia do Distrito Federal, 1906-1915". Professor do Depto.

Márcia Maria Menendes Motta

Desde 1992 é professora do Departamento e do Programa de Pós Graduação em História da Universidade Federal Fluminense. A partir de 2015 tornou-se professora titular da Instituição. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Agrária, atuando principalmente nos seguintes temas: conflito de terra, apropriação territorial, direito agrário e movimentos rurais. É autora de inúmeros artigos (em revistas nacionais e estrangeiras)sobre a questão agrária. Em 1998 publicou o livro:"Nas Fronteiras do Poder: conflito e direito à terra no Brasil do século XIX".

Adriano de Freixo

Adriano de Freixo é graduado em História, especialista em História das Relações Internacionais e mestre em História Política pela UERJ e doutor em História Social pela UFRJ. É professor do Departamento de Estudos Estratégicos e Relações Internacionais do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense (INEST - UFF), onde coordena o curso de graduação em Relações Internacionais e o Laboratório de Estudos sobre a Política Externa Brasileira (LEPEB), atuando também nos Programas de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos (PPGEST ) e Ciência Política (PPGCP ).

Edson Teixeira da Silva Júnior

Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (2005); Mestre em História pela Universidade Severino Sombra (1999). Atualmente, Professor Adjunto do Instituto de Humanidades e Saúde de Rio de Ostras (RHS), Departamento Interdisciplinar de Rio das Ostras (RIR), no curso de Serviço Social da Universidade Federal FLuminense (UFF), desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Tatiana Silva Poggi de Figueiredo

Professora de História Contemporânea na Universidade Federal Fluminense. Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (2004), mestrado (2008) e doutorado (2012) pela Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea, trabalhando principalmente com os seguintes temas: História do Tempo Presente, História dos EUA e da Europa; Movimentos Conservadores; Fascismo/Neofascismo; Neoliberalismo e Relações Internacionais.

Carlos Gabriel Guimarães

Possui graduação em História Econômica Geral e do Brasil pela Universidade Federal Fluminense (1987), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1991), doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1997) e Pós-doutorado pela Universidade de Lisboa (2002-2003). Atualmente é professor associado da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Econômica do Brasil (Colônia e Império_séculos XVIII e XIX), atuando principalmente nos seguintes temas: estado, comércio, poder, economia e história econômica.

Douglas Guimarães Leite

Professor Adjunto da Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense. Graduado em Direito e Mestre em História Social pela Universidade Federal da Bahia. Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo. Tenho experiência docente na área de Direito, com ênfase em Teoria e História do Direito. Na área de História, desenvolvo pesquisas em História Social da Escravidão e do Trabalho, com ênfase no tema do associativismo e do mutualismo no século XIX.

Leonardo Soares dos Santos

Graduado (2003) em História pela Universidade Federal Fluminense, onde realizou também meu mestrado (2005) e doutorado (2009) em História Social. Suas pesquisas versam basicamente sobre as relações entre o espaço rural e urbano e suas implicações em termos de políticas públicas e configuração de grupos sociais.

Ludmila Rodrigues Antunes

Professora Adjunta IV da Universidade Federal Fluminense no Departamento de Segurança Pública do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos.Bacharel em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983) e Doutora em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas/Unicamp (2001), na área de Política Social. Possui Especialização em Economia do Trabalho e Sindicalismo(Unicamp-(1994 ). Realizou estágio de Pós doutorado no Instituto de Economia( IE-UFRJ) no Laboratório de Economia Política da Saúde (LEPS)/ Bolsa PDS-FAPERJ(2009).

Christiano Britto Monteiro dos Santos

Tem experiência na área de História, com ênfase em História do videogame e mídia do século XX.

Elisa Frühauf Garcia

Doutora em história pela Universidade Federal Fluminense (2007), onde é professora de história da América colonial desde 2009. Atua também no programa de pós-graduação em história da mesma instituição (PPGH/UFF), orientando teses e dissertações sobre as relações entre as populações nativas e os impérios coloniais europeus. Realizou estágios de pós-doutorado na Universidade Estadual de Campinas (2007-2009) e no Consejo Superior de Investigaciones Científicas/CSIC-Madrid (2015).

Rodrigo de Almeida Ferreira

Professor na Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (Departamento Sociedade, Educação e Conhecimento -SSE/FE-UFF). Doutor em Educação (UFMG, 2014), com período Sanduíche/CNPq na Escola de Comunicação e Artes da USP. Mestre em História (UFMG, 2004). Professor do Programa de Mestrado ProfHistória da UFF - linha de pesquisa: "Linguagens e Narrativas Históricas: Produção e Difusão". Coordeno o Laboratório de Ensino de História (LEH/UFF), grupo de pesquisa CNPq. Participo DCP CNPq Laboratório de História Oral e Imagem - LABHOI.

Jonis Freire

Professor do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (UFF). Possui graduação em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP/2000), mestrado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Franca (UNESP/2004), Doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/2009) e Pós-Doutorado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG/2014). Foi professor do Programa de Pós-graduação em História do Brasil (PPGHB) Universidade Salgado de Oliveira. É Pesquisador da Rede de Grupos de Pesquisa Escravidão e Mestiçagens.

Marcelo Badaró Mattos

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987), mestrado (1991) e doutorado (1996) em História Social pela Universidade Federal Fluminense. Realizou estágios de pós-doutoramento no Museu Nacional-UFRJ, no Instituto Internacional de História Social, de Amsterdã e na Universidade Nova de Lisboa. Atualmente é professor titular de História do Brasil da Universidade Federal Fluminense. É bolsista de Produtividade nível 1 do CNPq.

Rodrigo Castro Rezende

Graduou-se em História pela PUC-Minas(2003), concluiu o mestrado em História pela UFMG, na linha História Social da Cultura (2006). Doutor em História Contemporânea I, pela UFF (2013). Atualmente é professor de História da África UFF de Campos dos Goytacazes. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Social da Cultura, atuando principalmente nos seguintes temas: Demografia Histórica, História de Minas Gerais, Tráfico de escravos, História da África, História da Cultura afro-brasileira e Processo de Crioulização.

Larissa Moreira Viana

Professora adjunta do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense e pesquisadora do NUPEHC (Núcleo de Pesquisa e Estudos em História Cultural). Possui mestrado em História pela UFF (1998) e doutorado em História obtido na mesma instituição (2004). Tem experiência na área, com ênfase em História do Brasil e das Américas, atuando principalmente nos seguintes temas: escravidão e liberdade nas Américas, mestiçagem, relações raciais e história social da cultura.

Janaína Martins Cordeiro

Professora Adjunta de História Contemporânea do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (UFF). Possui Pós-Doutorado pela mesma universidade (CNPq, 2012-2013 e FAPERJ Nota 10, 2013-2014). Doutora em História pela UFF (2012), com estágio de doutoramento pelo Centre d?Histoire de Sciences Politique de Paris (2009-2010, Bolsa CAPES-COFECUB) e Mestra pela mesma instituição (2008). Graduada em História pela Universidade Federal de Viçosa (Bacharelado - 2006; Licenciatura - 2005).

Marcio de Sousa Soares

Professor Adjunto do Departamento de História do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional da Universidade Federal Fluminense (ESR/UFF).

Denise Rollemberg Cruz

Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (1987), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1992), doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (1998), pós-doutorado em História pela Universidade de Paris X (2007) e em Sociologia pela Universidade de Campinas/Unicamp (2007), pós-doutorado em História pela Universidade de São Paulo/USP (2013) e pós-doutorado em História na UnB (em curso, 2018).

Charleston Jose de Sousa Assis

Charleston José de Sousa Assis é bacharel e licenciado em História pela Universidade Federal Fluminense, onde concluiu o mestrado, orientado pela Dra. Márcia Motta, e o doutorado, orientado pela Dra. Laura Maciel, ambos em História Social. Uma de suas pesquisas foi convertida em livro publicado com o título "Classes populares, cultura política e revolta no Rio de Janeiro (1984-1987)". Entre 2016 e 2018 realizou estágio pós-doutoral no Programa de História da Universidade Salgado de Oliveira, sob supervisão da Dra. Marly Vianna.

Marcus Vinicius Corrêa Carvalho

Possui Licenciatura em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (1993), Mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (1997), Doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2003) e Pós-Doutorado em História da Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2012). Atualmente, é Professor Adjunto, DE, na Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF), na área de História da Educação. Honrado com o Prêmio Casa de Rui Barbosa 2009.

Natalia dos Reis Cruz

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1994), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1997) e doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (2004). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: nacionalismo, intolerância, racismo, anti-semitismo e exclusão. É profª adjunta de história contemporânea e História do Brasil República da Universidade Federal Fluminense.

Walter Luiz Carneiro de Mattos Pereira

Professor Associado, DE, na área de História Econômica e História do Brasil Império, do Departamento de História de Campos, do Instituto de Ciências da Sociedade e do Desenvolvimento Regional, da Universidade Federal Fluminense, em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro. Graduado em Economia (1983) e História (1999), Pós-graduado (Especialização) em História das Relações Internacionais (1999), Mestre em História (2003), Doutor em História (2009).

Marcelo Mac Cord

Bacharel em História pela UFRJ (1997); Mestre, Doutor e Pós-Doutor em História pela UNICAMP (2001, 2009 e 2012); Pós-Doutor em História pela UFRJ (2016); Professor Adjunto IV de História da Educação da Faculdade de Educação da UFF (desde 2012); Aprendiz da VIDA (desde 1970); Conquistou alguns prêmios acadêmicos e publicou livros na área de História.

Juniele Rabêlo de Almeida

Professora do Instituto de História da Universidade Federal Fluminense (UFF), com atuação nos cursos de graduação e pós-graduação. É doutora em História Social (USP) e mestre em História (UFMG). Realizou pós-doutorado na UFMG (Núcleo de História Oral, 2011). Pesquisadora efetiva do "Laboratório de História Oral e Imagem" (LABHOI / UFF). Professora de História do Brasil República (Brasil Contemporâneo), atuando a partir das relações entre: história oral; história pública; trajetórias de vida; ensino de história; história do tempo presente.

Bernardo Kocher

Graduado em História pela Universidade Federal Fluminense (1983), Mestre em História (1987) e Doutor em História (1997) pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente é Professor Associado 4 da Universidade Federal Fluminense em regime de Dedicação Exclusiva. Tem experiência na área História das Relações Internacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: Globalização, Terceiro Mundo, Oriente Médio e Política Externa Brasileira. Possui também experiência em pesquisa, orientação e ensino em Economia Política, notadamente a Economia Brasileira.

Alessandra Frota Martinez de Schueler

Doutora em Educação (2002) e Mestre em História (1997) pela Universidade Federal Fluminense. Professora de História da Educação na Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, instituição na qual atua nos cursos de Pedagogia, Licenciaturas e também no Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado). Vice-líder do Grupo de Pesquisa História Social da Educação/FEUFF.

Isadora Tavares Maleval

Doutora em História (2015) pelo Programa de Pós-Graduação em História Política da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGH - UERJ), onde também obteve o título de Mestre (2010). Cumpriu estágio doutoral na Université Paris-Sorbonne (2014) e pós-doutoral no Departamento de História da UERJ, através de financiamento CAPES/FAPERJ (2015-2016).
Atualmente é professora adjunta da área de Teoria e Metodologia da História no Departamento de História de Campos (CHT) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Georgina Silva dos Santos

Georgina Silva dos Santos graduou-se em História na UFF em 1990. No ano seguinte, ingressou no curso de pós-graduação da mesma instituição, obtendo o grau de mestre, em 1995, com o estudo A Senhora do Paço - o papel da rainha na construção da identidade nacional portuguesa (1282-1557). Doutorou-se em História pela Universidade de São Paulo, em 2002, com a tese Ofício e Sangue - a Irmandade de São Jorge e a Inquisição na Lisboa Moderna, publicada, em 2005, pela Editora Colibri de Lisboa.

Wanderson Fabio de Melo

Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998), mestrado em História Social (2002) e doutorado em História Social também pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Atualmente é dedicação exclusiva da Universidade Federal Fluminense, Curso de Serviço Social, Campus da UFF de Rio das Ostras. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Social, Formação sócio-histórica, História Contemporânea, História do Brasil, História do Trabalho e Questão Social.

Erika Bastos Arantes

Pós- Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense - UFF (2010) e mestre em História pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2005). Professora Adjunta de de Ensino de História da UFF - Polo Campos dos Goytacazes. As principais áreas de atuação são: Ensino de História, Educação das Relações étnico-raciais e História da África.

Angélica Müller

Possui graduação em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2002), mestrado em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2005), doctorat d'Histoire pela Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (2010) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (2010). Professora Adjunta I da Universidade Federal Fluminense.

Julio Cesar Mendonça Gralha

Professor Adjunto de História Antiga, Medieval da UFF Polo Universitário de Campo dos Goytacazes/ Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional (ESR), Pós-doutorando (2011) em História na área de Usos do Passado (apropriação do Mundo Antigo na Arquitetura e na Iconografia de monumentos públicos e cemitérios como forma de legitimação do poder) Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Gama Filho (1988), graduação em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1993), mestrado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (2000) trabalhando

Giselle Martins Venancio

é Professora do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense, onde atua na graduação e pós-graduação. É bolsista de produtividade do CNPq, Cientista do Nosso Estado/FAPERJ e pesquisadora principal do PRONEX/CNPQ/FAPERJ - História (trans)nacional: perspectivas e conexões - coordenado por Jorge Ferreira. Suas pesquisas se concentram na área de historiografia e nos temas da produção e circulação de impressos, coleções, livros, leituras e escritas de viagem. Atualmente é coordenadora do Programa de Pós-graduação em História da UFF.

Leonardo Marques

Possui graduação em História licenciatura e bacharelado pela Universidade Federal do Paraná (2006), mestrado em História - Emory University (2010) e doutorado em História - Emory University (2013).

Norberto Osvaldo Ferreras

Possui Graduação em História - Universidad Nacional de Mar del Plata (1991, Argentina), obteve o Mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense - UFF (1995) e o doutorado em História Social pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (2001). Entre setembro de 2013 e junho de 2014 realizou estagio pós-doutoral nos Estados Unidos na Harvard University, vinculado à Weatherhead Initiative on Global History. Obteve uma bolsa de pesquisa da "Princeton University Library Research Grants for 2016?2017" entre janeiro e fevereiro de 2017.

Guilherme Paulo Castagnoli Pereira das Neves

Concluiu o Doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo em 1994. Atualmente, é Professor Associado IV da Universidade Federal Fluminense, para a qual ingressou em 1977. Publicou artigos em periódicos especializados, trabalhos em anais de eventos, capítulos de livros (muitos verbetes) e 5 livros (dois deles como co-organizador). Participou de eventos no Brasil e no exterior. Orientou e orienta dissertações de mestrado e teses de doutorado, como também trabalhos de iniciação científica e de conclusão de curso.

Emerson de Carvalho Guimaraes

Professor do Colégio Universitário Geraldo Reis - COLUNI - Universidade Federal Fluminense, tendo como foco de trabalho a Educação Patrimonial. Doutorando em História pelo PPGHIST-UFF com ênfase na área de Patrimônio Histórico e Artístico de Niterói. Possui Licenciatura (1996) e Bacharelado (1998) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e mestrado em História pela UFRGS (2002). Atuou como professor da rede privada de educação básica entre os anos de 1997 e 2013.

Karoline Carula

Professora do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense. Doutora em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), possui mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), sendo graduada por esta mesma instituição. Dentre suas publicações, destacam-se os livros Darwinismo, raça e gênero: Projetos modernizadores da nação em conferências e cursos públicos (Rio de Janeiro, 1870-1889), 2016, e A tribuna da ciência: as Conferências Populares da Glória e as discussões do darwinismo na imprensa carioca (1873-1880), 2009.

Paulo Cruz Terra

Paulo Cruz Terra possui graduação em História pela Universidade Estadual de Campinas (2005). Finalizou o mestrado em História na Universidade Federal Fluminense, em 2007, e o doutorado na mesma instituição, em 2012. Sua tese foi premiada, e publicada, pelo Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro. Foi professor do Departamento de História, Campus de Campos dos Goytacazes, da Universidade Federal Fluminense, entre 2013 e 2016. Atualmente é professor do Departamento de História, em Niterói, da mesma universidade.

Luiz Cláudio Duarte

Graduação em História pela Faculdade de Filosofia de Campos (1985). Especialista em História do Brasil pela Faculdade de Filosofia de Campos (1989). Mestrado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (1999 - CAPES 7) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (2012 - CAPES 6). Professor Associado do Departamento de História [CHT] do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Claudia Cristina Azeredo Atallah

Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e Professora Adjunta da mesma universidade, atuando no Departamento de História do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional (UFF/CHT). Concluiu seu Pós-Doutoramento em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2015, com financiamento CNPq.Tem experiência nas áreas de História do Brasil Colonial e História Moderna, com ênfase no estudo do século XVIII e toda conjuntura de fins do Antigo Regime e da administração da justiça no Império Português.

Flavia Lages de Castro

Possui graduação em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1992), mestrado em História Social (1997) e doutorado em Ciências Jurídias e Sociais pela Universidade Federal Fluminense (2015). É professora Adjunta do Departamento de Arte da Universidade Federal Fluminense. Participa como docente e como Vice Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Cultura e Territorialidades - PPCULT UFF. Foi coordenadora (2014-1017) do Observatório de Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro. É vice coordenadora do Laboratório de Ações Culturais - LABAC - UFF.

Luiz Fernando Saraiva

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1995), mestrado (2001) e Doutorado (2008) em História Social pela Universidade Federal Fluminense. É professor adjunto IV do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (Ght/UFF) nas disciplinas de História Econômica e Brasil Império, Professor do Programa de Pós Graduação em História da UFF (PPGH/UFF).

Mário Jorge da Motta Bastos

Bacharel em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989), Mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense (1995) e Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (2002).

Fernando Roberto de Freitas Almeida

Economista formado pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, em 1976. Graduado em Histoire et Civilisation, pela Aliança Francesa/Université de Nancy, em 1987. Mestre em História, na área de Relações Internacionais, pela Uerj. Doutor em História Política, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Formado em Fotografia, pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 1980.

Paulo Henrique de Carvalho Pachá

Professor de História Medieval na Universidade Federal Fluminense (PUCG) desde 2017. Bacharel e Licenciado em História pela Universidade Federal Fluminense (2009); Mestre em História pela Universidade Federal Fluminense (2012); e Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (2015) com período de estágio no Centro de Ciencias Humanas y Sociales del CSIC (Madri - Espanha, 2013), com bolsa de pesquisa do programa PDSE-CAPES, e na Casa de Velázquez (Madri - Espanha, 2015), com bolsa de pesquisa da própria instituição.

Marcus Ajuruam de Oliveira Dezemone

é doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (2008). Possui mestrado (2004), bacharelado e licenciatura (2002) em História pela mesma instituição. É bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008). Atualmente é professor Adjunto de História do Brasil República da Universidade Federal Fluminense, e professor Adjunto de História do Brasil da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, atuando no Programa de Pós-Graduação em História Social na UFF e no Mestrado Profissional em Ensino de História - Prof. História - UERJ.

Manoela da Silva Pedroza

Bacharel e licenciada em História pela Universidade Federal Fluminense (2000), com mestrado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003), especialização em História do Século XX pela Universidade Cândido Mendes (2005) e doutorado em Ciências Sociais pela UNICAMP (2008). Realizou dois estágios de pós-doutorado na Universidade de Montréal (UdeM-Canadá em 2009). Sua tese de doutorado "Engenhocas da Moral" recebeu 2o lugar no Prêmio Arquivo Nacional de Pesquisa de 2009, e foi publicada pelo Arquivo Nacional em 2011.

Gladys Sabina Ribeiro

Professora Titular do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense. Possui Bacharelado e Licenciatura em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), Especialização em História do Brasil pela Universidade Federal Fluminense (1983), Mestrado em História do Brasil pela Universidade Federal Fluminense (1987) e Doutorado em História Social do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas (1997).

Elisa de Campos Borges

Possui graduação em Historia pela Universidade Federal de Goiás (2000), Mestrado em Historia Social pela PUC-SP (2005), Doutorado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (2011). Tem experiência em História Social, História da América, atuando principalmente nos seguintes temas: América Latina, Movimento Operário, Movimento Comunista Internacional, Partidos Políticos, Ditadura Civil Militar. Professora da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) atuando na área de História da América e História Contemporânea até abril de 2016.

Cezar Teixeira Honorato

Professor Titular em História Econômica e Social do Instituto de História da UFF, possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1983), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1987) e doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1994).

Susana Cesco

Doutora em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009), mestre em História Cultural pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005), bacharel e licenciada em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). Professora Recém-doutora (bolsista PRODOC/CAPES) no Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade - CPDA/UFRRJ no período 2010 à 2013.

Edmar Checon de Freitas

Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (2004), mestre em História pela mesma universidade (2000) e bacharel em História pela Universidade Federal do Espírito Santo (1996). Atualmente é Professor Associado do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História da da Universidade Federal Fluminense. Trabalha com História Medieval, atuando principalmente nos seguintes temas: Gália merovíngia, cristianismo, Gregório de Tours, Martinho de Tours, monaquismo cristão e hagiografia medieval.

Renato Júnio Franco

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (2006) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (2011). É professor do Programa de Pós-graduação em História da UFF, pesquisador do Grupo de Pesquisa "Cia das Índias". Atualmente, é diretor da Eduff.

Roberto Moll Neto

Professor de História do Continente Americano II (Contemporânea) do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense em Campos dos Goytacazes. Doutor em Relações Internacionais pelo PPGRI San Tiago Dantas (UNESP, UNICAMP e PUC-SP) (2015), mestre em História pelo PPGH-UFF (2010), graduado em História pela UFF (2007) e graduado em Relações Internacionais pela UNESA (2007). Tem interesse em História e Relações Internacionais dos Estados Unidos e da América Latina no século XX.

Débora El Jaick Andrade

Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense. É Professora Adjunta da área de Teoria e Metodologia da História na Universidade Federal Fluminense -RJ (UFF), desde 2010. Tem experiência na área de História Contemporânea e Brasil Império, com ênfase em Teoria da História, Metodologia e Historiografia. É coordenadora do Laboratório de História Política e Cultura (UFF) e membro do Laboratório de Pesquisas em Teoria da História e Interdisciplinaridades (UFRRJ) e do Laboratório de História Regional e Patrimônio (UFF).

Demian Bezerra de Melo

Professor Adjunto de História Contemporânea do curso de Políticas Públicas da Universidade Federal Fluminense (UFF), do Instituto de Educação de Angra dos Reis, Demian Bezerra de Melo é bacharel em História pela UFRJ (2005), mestre (2009) e doutor (2013) pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (PPGH-UFF). Foi Prof.

Laura Antunes Maciel

Doutora em História Social (1997) e mestre em História (1992) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), graduada em História pela Universidade Federal de Mato Grosso (1983). Professora do Programa de Pós-Graduação e do Curso de graduação em História da Universidade Federal Fluminense, desde 2002. Atua como orientadora na graduação e na pós-graduação, participa de conselhos editoriais de periódicos acadêmicos e possui experiência com a elaboração e implementação de propostas curriculares e avaliação de cursos de graduação em História.

Roberto Godofredo Fabri Ferreira

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (1985), especialização em psiquiatria pelo Instituto de Psiquiatria da UFRJ, mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1997) e doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (2003). Atualmente é professor associado da Universidade Federal Fluminense.

Subscrever História