Medicina (Neurologia)

Pesquisador

Marcio Moacyr de Vasconcelos

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, graduação em Economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, fellowship em Neurologia Infantil pela George Washington University em Washington D.C., EUA, mestrado em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal Fluminense e doutorado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente é professor associado de Pediatria e Neurologia da Universidade Federal Fluminense.

Camila Castelo Branco Pupe

possui graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (2008) , residência médica em Neurologia e Neurofisiologia clínica pela mesma universidade (2012), especialização em clínica de dor pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011) e em Pesquisa Clínica pelo Hospital Alemão Osvaldo Cruz - SP (2016) e doutorado em Neurologia e Neurociências pela Universidade Federal Fluminense (2014), atuando desde 2016 como Professora Adjunta de Neurologia da Universidade Federal Fluminense nas seguintes áreas: Neurologia geral e doenças neuromusculares.

Adriana Rocha Brito

Possui Graduação em Medicina pela Universidade Severino Sombra/Vassouras (1997), Residência Médica em Pediatria Geral realizada no Hospital Belo Horizonte/MG (2000), Pós-Graduação em Neurologia Pediátrica pelo Instituto Fernandes Figueira/Fiocruz (2004), Mestrado em Pediatria pela Universidade Federal Fluminense (2006) e Doutorado em Neurologia pela Universidade Federal Fluminense (2014). Atualmente é Professora Adjunta de Pediatria da Universidade Federal Fluminense.

André Palma da Cunha Matta

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (1995) e residência (1998), mestrado (2001) e doutorado (2010) em Neurologia pela mesma universidade. Foi até recentemente neurologista da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação e diretor do Centro de Reabilitação Infantil Evandro Carlos de Andrade (Sarah-Rio). Dedica-se atualmente à Neurologia, atuando principalmente nos seguintes temas: DOR, ESCLEROSE MÚLTIPLA E NEUROLOGIA EM GERAL.

Hebert Wilson Santos Cabral

Atualmente é professor Adjunto II do Departamento de Medicina Clínica (MMC) da Universidade Federal Fluminense, atuando como professor e coordenador da disciplina Geriatria para a graduação de Medicina, professor da Especialização Lato Sensu em Geriatria e Gerontologia e colaborador da Especialização Stricto Sensu a nível Mestrado e Doutorado em Neurologia/Neurociências desta Universidade. É professor Titular da Universidade Vila Velha e coordenador do módulo Envelhecimento, bem como responsável pelo projeto de Pesquisa, Extensão e Iniciação Científica da Graduação de Medicina (PEPIC).

Yolanda Eliza Moreira Boechat

Mestrado e Doutorado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense. Professora Adjunto de Geriatria do Departamento de Medicina Clínica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense. Geriatra, Supervisora de Residência Médica em Geriatria e Residência Multiprofissional - Área de Concentração - Atenção à Saúde do Idoso e Coordenadora do Serviço de Geriatria/Centro de Referência em Assistência a Saúde do Idoso(CRASI/PIGG) do Hospital Universitário Antonio Pedro da Universidade Federal Fluminense/Niterói - RJ.

Tânia Gouvêa Thomaz

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (1991), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutorado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal Fluminense (2006). Atualmente é Professora Associada de Fisiologia da Universidade Federal Fluminense , atuando principalmente nos seguintes temas: Fisiologia e Medicina Baseada em Evidências.

Luís Otávio Cardoso Mocarzel

Possui graduação em medicina pela Universidade Federal Fluminense (1984), mestrado em Ciências Médicas pela Universidade Federal Fluminense (2003) e doutorado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal Fluminense (2004). Atualmente é Professor Associado de Clínica Médica da Universidade Federal Fluminense/RJ. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em colagenose e miocardiopatia cirrótica, atuando principalmente nas seguintes linhas de pesquisa:
Lúpus e doença cardiovascular; Cirrose hepática e doença cardiovascular; Educação médica.

Alexandre Ribeiro Fernandes

Possui graduação em Medicina pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques (1993), mestrado em Saúde da Criança e da Mulher pela Fundação Oswaldo Cruz (2001) e doutorado em Neurologia pela Universidade Federal Fluminense (2016). Concluiu Residência Médica nos programas de Pediatria (UERJ, 1996) e Neurologia Pediátrica (IFF-FIOCRUZ, 1999). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal Fluminense, consultor do Ministério da Saúde (eventos adversos vacinais) e consultor da Rede D'or.

Paulo de Tarso Maciel Pinheiro

Licenciado em Educação Física pela UFRJ, Mestre em Biociências da Atividade Física pela UFRJ e Doutor em Neurociências pela UFF. Ao longo dos seus 30 anos de formado acumulou grande experiência prática nas áreas de treinamento físico, musculação, avaliação funcional e prescrição de exercícios para vários grupos populacionais, incluindo atletas, idosos, crianças, cardiopatas, diabéticos e obesos.

Marcus André Acioly de Sousa

possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Teresópolis (2002). , Residência Médica em Neurocirurgia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), foi Pesquisador do Serviço de Neurocirurgia de Tübingen - Alemanha (Clinical and Research Fellow) durante 14 meses. Foi Professor Substituto da Disciplina de Neurocirurgia do Hospital Universitário Pedro Ernesto - UERJ e Coordenador do Setor de Cirurgia de Nervos Periféricos por 6 anos, além de Preceptor da Residência Médica em Neurocirurgia no Hospital Federal do Andaraí por 2 anos.

Bruno Lima Pessoa

Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Campos (2004), especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Universidade McGill (Montreal-Canadá) e doutor em neurociências pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente é neurocirurgião da Universidade Federal Fluminense e neurocirurgião oncológico do HOSPITAL DAS AMÉRICAS - Rio de Janeiro.

Bruno Mattos Coutinho

Residência Médica em Neurologia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) (2001).
Mestre (2006) e Doutor (2013) em Neurologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF).
Atualmente é médico concursado da UERJ e Professor Adjunto UFF - Unidade de Pesquisa Clínica (NeuroUPC) e ambulatório de neuropatias periféricas/miopatias da UFF.
As principais áreas de atuação são: neurologia geral, disautonomia, neuropatias periféricas, miastenia gravis, miopatias e dor.

Marco Antonio Araujo Leite

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (1989), mestrado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal Fluminense (1996) e doutorado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal Fluminense (2009). Professor Adjunto do Depto de Medicina Clínica, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense.

Subscrever Medicina (Neurologia)