Vanessa Massoni da Rocha

Professora de Língua Francesa e de Literaturas Francófonas nos programas de Graduação em Letras e de Pós-Graduação Lato sensu na Universidade Federal Fluminense. Coordena o curso Lato Sensu de Língua francesa e literaturas francófonas da UFF (2018-2022). Realizou estágio de pós-doutoramento em Literatura Comparada na Universidade do Estado do Rio de Janeiro com período de cooperação na Université des Antilles, Fort-de-France, Martinica. Doutora em Estudos de Literatura na UFF com tese sobre a escrita epistolar. Autora do livro Por um protocolo de leitura do epistolar (EdUFF, 2017). Na UFF cursou ainda mestrado em Literaturas francófonas com dissertação sobre a escritora canadense Nancy Huston (2009) e graduação em Letras (português-francês). Vice líder do grupo de pesquisa Identidades em trânsito: estéticas transnacionais, cadastrado no CNPq. Idealizadora e coordenadora do Encontro Literatura, História e Pós-colonialidade, em sua segunda edição. Coordena o Clube de leitura em francês na UFF, clube que privilegia obras da África negra. Suas pesquisas acadêmicas se inscrevem no âmbito da francofonia, mais precisamente no estudo de obras de expressão francesa do Caribe, do Quebec e da África negra. Vinculou-se ao Núcleo de Estudos Canadenses da UFF de 2003 até setembro de 2018. Atualmente desenvolve pesquisas sobre a memória (pós)colonial nas Antilhas francesas a partir, sobretudo, de narrativas de Simone Schwarz-Bart. Dentre os eixos temáticos contemplados em suas publicações, comunicações e participações em eventos destacam-se a escrita no exílio, a poética das migrações, a reinvenção identitária, a memória (pós) colonial e a escrita epistolar. Integra o Centre de la Francophonie des Amériques, o Conseil International d'Études francophones, a Associação Brasileira de Literatura Comparada, a Associação Brasileira de Estudos Canadenses e a Associação dos Professores de Francês do Estado do Rio de Janeiro. Foi laureada em concursos organizados pela Embaixada do Canadá, pela Embaixada da França, pela APFERJ, pela UNESCO e pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Fez cursos de aperfeiçoamento na Université Laval, no Québec e no CAVILAM de Vichy, com bolsas concedidas pelas Embaixadas dos governos canadense e francês, respectivamente. Ministrou palestras na UNEB, na UFBA, na UFRGS e na UFSC a convite da Embaixada do Canadá.

Quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: TRASLACIONES Revista Latinoamericana de Lectura y Escritura
Título Anoordem crescente Idioma
'Tudo o que eu queria dizer mas só consegui escrevendo': caminhos contemporâneos do epistolar? 2018 Português
Revista: REVISTA CRIAÇÃO & CRÍTICA
Título Anoordem crescente Idioma
O Atlântico Sul na Literatura - Fluxo e reflexo - editorial 2018 Português
Revista: Alea: Estudos Neolatinos (Impresso)
Título Anoordem crescente Idioma
Horizontes da pós-colonialidade: o ciclo antilhano de Simone e André Schwarz-Bart 2018 Português
Revista: Revista Gragoatá (UFF)
Título Anoordem crescente doi Idioma
INTERFACES ENTRE PRÁTICAS DE LINGUAGEM E POLÍTICAS LINGUÍSTICAS: DIGLOSSIA, CRIOULIDADE E ENSINO DE LÍNGUAS CRIOULAS NAS ANTILHAS FRANCESAS 2017 10.22409/gragoata.2017n42a867 Português
Revista: Todas as Musas: Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte (Impresso)
Título Anoordem crescente Idioma
Vozes do feminino: por uma poética do matriarcado em Simone Schwarz-Bart 2016 Português
Revista: Cadernos de Letras
Título Anoordem crescente Idioma
Des enjeux linguistiques dans les trames littéraires: la célébration de l'oralité et de l'identité créole chez Simone Schwarz-Bart 2016 Francês
Revista: Letras de Hoje (Impresso)
Título Anoordem crescente doi Idioma
Os caminhos da -Quase memória- em Nancy Huston e Carlos Heitor Cony 2015 10.15448/1984-7726.2015.2.18942 Português
Revista: Dialogues Francophones
Título Anoordem crescente Idioma
Simone Schwarz-Bart et l'écriture de la violence (post)coloniale dans le roman Pluie et vent sur Télumée Miracle 2015 Francês
Revista: ECOS DE LINGUAGEM
Título Anoordem crescente Idioma
Em busca do 'ao longe': a pulsão da partida e os significados da viagem em narrativas de Nancy Huston, Emile Ollivier e Guimarães Rosa 2015 Português
Revista: Études Canadiennes
Título Anoordem crescente Idioma
Les enjeux de la mémoire du pays natal chez Nancy Huston 2013 Francês
Revista: Revista Interfaces (UFRJ)
Título Anoordem crescente Idioma
Pontos de fuga entre literatura e reescrita da história 2011 Português
Revista: DLCV (UFPB)
Título Anoordem crescente Idioma
Apontamentos para uma didática do texto literário 2011 Português
Revista: Icarahy
Título Anoordem crescente Idioma
Diáspora e negociações identitárias em Immense fatigue des pierres, de Régine Robin 2011 Português
Revista: Revista de letras (UNESP. Online)
Título Anoordem crescente Idioma
Notas e apontamentos sobre o protocolo de leitura do epistolar 2011 Português
Revista: Interfaces Brasil/Canadá (Impresso)
Título Anoordem crescente Idioma
Quebec: memória e celebração dos 400 anos 2011 Português
Do bilinguismo ao duplo analfabetismo: Nancy Huston e a travessia entre línguas 2010 Português
Revista: Cadernos de Letras da UFF
Título Anoordem crescente Idioma
Memória: modos de usar 2010 Português
Revista: Canadart
Título Anoordem crescente Idioma
Jacques Poulin e a escrita em palimpsesto 2010 Português
Cartografias identitárias do Brasil e do Quebec: construções discursivas da pátria 2005 Português
Revista: Mosella
Título Anoordem crescente Idioma
Nancy Huston à la croisée des langues, territoires et espaces d'écriture 2010 Francês