Ronaldo Joaquim da Silveira Lobão

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1997), mestre em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense (2000), doutor em Antropologia pela Universidade de Brasília (2006) e pós-doutor pelo Núcleo de Estudos Comparados da Amazônia e do Caribe da UFRR (2015). Professor do Departamento de Direito Público da Faculdade de Direito e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito PPGSD, integra o Instituto de Estudos Comparados sobre Administração de Conflitos (INCT-InEAC) da Universidade Federal Fluminense. Meus interesses estão voltados para a interface entre o Direito e Sociedade, em objetos vinculados à justiça socioambiental, à construção legal de identidades, à administração alternativa de conflitos, à jusdiversidade e à interlegalidade em contextos pós-coloniais.

Quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: Novos Debates: Fórum de Debates em Antropologia / Associação Brasileira de Antropologia
Título Anoordem crescente Idioma
CONVERSA DE SURDOS: quando antropólogos avaliam laudos de antropólogos. Os Estudos de Componente Indígenas para a FUNAI 2016 Português
Revista: Revista Juris Poiesis
Título Anoordem crescente Idioma
Notas revisadas em favor de um programa de pesquisa de antropologia no direito em contextos de jusdiversidade 2016 Português
Revista: Avá (Posadas)
Título Anoordem crescente Idioma
REGIMES DE IDENTIDADE, REGIMES DE PROPRIEDADE 2014 Português
A autoridade do escrito de La autoridad de lo escrito. 2005 Português
Revista: Revista do IEEE América Latina
Título Anoordem crescente Idioma
NOTAS EM FAVOR DE UM PROGRAMA DE PESQUISA DE ANTROPOLOGIA NO DIREITO EM CONTEXTOS DE JUSDIVERSIDADE 2014 Português
Revista: Antropolítica: Revista Contemporânea de Antropologia
Título Anoordem crescente Idioma
Múltiplos significados para um condicio- nante etnoambiental: a ressignificação do próprio estudo 2014 Português
Revista: Confluências (Niterói)
Título Anoordem crescente Idioma
DESAFIOS À CAPACIDADE REDISTRIBUTIVA DO DIREITO EM CONTEXTOS PÓS-COLONIAIS 2014 Português
Revista: Revista de Direito da Cidade
Título Anoordem crescente doi Idioma
Articulações entre direito, cidade, cultura e natureza: rupturas e conexões / Joints between law, city, culture and nature: breaks and connections 2014 10.12957/rdc.2014.13439 Português
Revista: Humanidades (Brasília)
Título Anoordem crescente Idioma
Tempos e Espaços dos Direitos - articulações do global ao local, sem vice versa 2012 Português
Revista: Ética e Filosofia Política
Título Anoordem crescente Idioma
A dimensão moral das perda: o caso do furto de energia 2012 Português
Revista: Confluências - Revista Interdisciplinar de Sociologia e Direito
Título Anoordem crescente Idioma
Análise De Dois Casos De Modelos De Gestão Compartilhada Em Pescarias Artesanais: Reservas Extrativistas Marinhas (Brasil) Vs. Áreas De Manejo E Exploração De Recursos Bentônicos (Chile) 2012 Português
Revista: Passagens: Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica
Título Anoordem crescente Idioma
DISCURSOS PARA PLATÉIAS CATIVAS NO DIREITO DO TRABALHO BRASILEIRO 2009 Português
Revista: Teoria & Sociedade (UFMG)
Título Anoordem crescente Idioma
Comentários a ?A Condição Pós-moderna e as Ciências Sociais? 2009 Português
Revista: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro
Título Anoordem crescente Idioma
O Tempo Vertiginoso: impossível de se capturar na lei? 2008 Português
Revista: Comparative Labor Law & Policy Journal
Título Anoordem crescente Idioma
Captive Audience Speech in the Brazilian Labor Law 2008 Inglês
Revista: DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL
Título Anoordem crescente Idioma
O tempo no Direito 2008 Português
Revista: Anuário Antropológico
Título Anoordem crescente Idioma
O Caminho de Americá: viajando no tempo sem sair do lugar 2005 Português
Revista: Cadernos de Campo (USP)
Título Anoordem crescente Idioma
O Tempo e o Outro: como a Antropologia constrói seu objeto 2005 Português
Revista: Jirau (Impresso)
Título Anoordem crescente Idioma
Há tantas formas de se criar uma Unidade de Conservação de uso Sustentável: de cima para baixo, de baixo para cima; de fora para dentro, de dentro para fora 2005 Português