Maximus Taveira Santiago

Graduado em Medicina em 1972 pela Faculdade de Medicina da UFF, foi Médico Residente do Hospital Universitário Antonio Pedro da UFF- HUAP-1973/1974; é docente da Faculdade de Medicina da UFF desde 1975; possui mestrado em Medicina (Cirurgia Torácica) pela Universidade Federal Fluminense (1979) e é Membro-Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões-RJ. Atualmente é Professor Associado da Faculdade de Medicina e médico da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Trauma, Emergência e Educação Médica, atuando principalmente na seguinte área/ tema: Educação Médica e o SUS.
É Doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social - IMS da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, com a tese "Uma história da Secretaria Municipal de Saúde de Niterói - 1975 a 1991", defendida em abril de 2010, o que propiciou a recuperação de extensa documentação originária de fontes primárias sobre o período estudado, principalmente quanto à criação e às ações desenvolvidas pelo "Projeto Niterói", que além de operacionalizar as Ações Integradas em Saúde em Niterói, tiveram rebatimento na criação e implementação do Sistema Único de Saúde - SUS. Atualmente, desenvolve pesquisa no pós-doutoramento realizado na UNESP, na linha de pesquisa "Cartografia dos efeitos de uma ação de extensão ─ ?Clínica dos afectos: a afirmação da ética, da estética e do político, uma fronteira entre os campos da extensão, do ensino e da pesquisa?; coordena a disciplina Trabalho de Campo Supervisionado III, do Curso de Graduação em Medicina da Universidade Federal Fluminense desde 2013. Finalizou o pós-doutorado na UNESP-ASSIS, em 21 de abril de 2015 sob a supervisão do Prof.Dr. Helio Rebello Cardoso Junior, com o Projeto intitulado " Hospital Universitário Antônio Pedro: auscultando silêncios no abandono, múltiplas forças de vida impõem passagem".

Quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF