Issa Leal Damous

Graduação em Psicologia (2000), Mestrado (2006) e Doutorado (2011) em Psicologia Clínica, na área de Psicanálise: clínica e cultura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), com estágio doutoral (2010) na Université de Montréal (UdeM), bolsa CAPES. Especialização em Saúde Mental em nível de residência (2001-2003), pelo Instituto Municipal de Assistência à Saúde Juliano Moreira e Hospital Municipal Jurandyr Manfredini, em convênio com o Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ). Tem experiência profissional em Psicologia Clínica no âmbito privado e na rede pública (Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro - SMSDC-RJ e Secretaria Municipal de Saúde de Maricá/RJ), atuando com ênfase em atenção psicossocial, incluindo projetos de desinstitucionalização. Atualmente, é Professora Adjunta Supervisora e Pesquisadora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal Fluminense (UFF)/Rio das Ostras/RJ, onde ministra disciplinas com ênfase em Psicanálise, além de supervisionar estágio clínico curricular no Serviço de Psicologia Aplicada (SPA),com desdobramento em campos de estágio externos (ambulatórios de saúde mental e Centro de Atenção Psicossocial para crianças e adolescentes da rede pública). Atua igualmente como pesquisadora colaboradora no Instituto Fernandes Figueira (IFF/FIOCRUZ) e como colaboradora docente no curso de Pós-Graduação de Psicologia Clínica com Crianças da PUC-Rio, onde ministra disciplina com ênfase nas relações objetais precoces conforme as contribuições de Winnicott.

Quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: PHYSIS. REVISTA DE SAÚDE COLETIVA (ONLINE)
Título Anoordem crescente Idioma
O ambulatório de saúde mental na rede de atenção psicossocial: reflexões sobre a clínica e a expansão das políticas de atenção primária 2017 Português
Revista: Rabisco: revista de psicanálise
Título Anoordem crescente Idioma
Segurar segurando-se: fragilidades do holding e do handling no adoecimento psicossomático 2017 Português
Duas faces da esperança no pensamento psicanalítico de Winnicott 2015 Português
Revista: TEMPO PSICANALÍTICO
Título Anoordem crescente Idioma
Marcas do infantil na adolescência: automutilação como atualização de traumas precoces 2016 Português
Revista: Cadernos de Psicanálise (Círculo Psicanalítico/RJ)
Título Anoordem crescente Idioma
Caminhos e descaminhos do luto: o trabalho de separação na relação mãe-bebê 2015 Português
O silêncio no psiquismo: uma manifestação do trabalho do negativo patológico 2009 Português
Revista: Cadernos de Psicanalise
Título Anoordem crescente Idioma
Limites psíquicos e a lógica do desespero 2014 Português
A loucura pessoal na sociedade contemporânea e o comportamento antissocial 2013 Português
Dor e esperança: duas faces da solidão a partir da experiência precoce com o objeto primário. 2007 Português
Revista: RABISCO - Revista de Psicanálise
Título Anoordem crescente Idioma
As psicopatologias limítrofes e o enquadre em questão 2012 Português
Os limites psíquicos e os casos-limite à luz de André Green 2012 Português
Revista: Cadernos de Psicanálise (Rio de Janeiro. 1982) (Cessou em 1996)
Título Anoordem crescente Idioma
A depressão como doença da moda na contemporaneidade? 2012 Português
A agressividade no contexto dos cuidados primários: a liberdade suficientemente boa 2008 Português
O ambiente nas experiências psíquicas primárias. 2006 Português
A dor nos casos-limite e as funções do eu-pele 2005 Português
Revista: TRIEB (RIO DE JANEIRO)
Título Anoordem crescente Idioma
O infantil na discussão sobre os limites da analisabilidade: uma questão de limites psíquicos 2011 Português