André Luiz Ferrari

possui graduação em Geologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado em Geociências (Geologia Sedimentar) pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor Associado IV da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia Estrutural, atuando principalmente nos seguintes temas: bacias rifte, análise de fraturas e paleotensões, tectonosedimentação, morfotectônica.

Quer entrar em contato? Fale com a Assessoria de Imprensa da UFF

Publicações

Revista: Pesquisas em Geociências (UFRGS)
Título Anoordem crescente Idioma
Calcretes pedogenéticos da Bacia de Itaboraí, Estado do Rio de Janeiro 2017 Português
Revista: Acta Geologica Sinica (Beijing)
Título Anoordem crescente Idioma
Relationship between the Vitória-Ecoporanga Dyke Swarm and the Vitória Estructural High, Brazil. 2016 Português
Revista: Marine and Petroleum Geology
Título Anoordem crescente doi Idioma
The evolution of rifting on the volcanic margin of the Pelotas Basin and the contextualization of the Paraná-Etendeka LIP in the separation of Gondwana in the South Atlantic 2014 10.1016/j.marpetgeo.2013.10.015 Inglês
Revista: Revista de la Escuela de Ingenerias y Arquitetura
Título Anoordem crescente Idioma
El posible origen de la sismicidad somera que se presenta en la región que corresponde a la Sierra Nevada de Santa Marta, la Serranía de Perijá y la Península de La Guajira, noreste de Colombia. 2011 Espanhol
Revista: Revista Ingeniería Investigación y Desarrollo
Título Anoordem crescente Idioma
Control Neotectônico del Diapirismo de Lodo en la Región de Cartagena, Colombia 2009 Espanhol
Análisis Morfotectónico para un área al sureste de Brasil 2008 Espanhol
Revista: Revista Brasileira de Geociências
Título Anoordem crescente Idioma
Campo de esforços plio-pleistocênico na Ilha de Trindade (Oceano Atlântico Sul, Brasil), e sua relação com a tectônica regional 1999 Português
Revista: Anais da Academia Brasileira de Ciências
Título Anoordem crescente Idioma
The inversion of the São José do Itaboraí paleocenic basin (RJ) in a strike-slip regime 1999 Inglês
Persistência de SHmax com direção NE-SW no segmento nordeste do Rift Continental do Sudeste do Brasil, ao longo do Cretáceo Superior e Terciário. 1997 Português
Uma reinterpretação para a Depressão Gravimétrica de Itaboraí. 1985 Português
Revista: Revista Brasileira de Geofísica
Título Anoordem crescente Idioma
Atividades de geofísica no Departamento de Geologia/Lagemar (UFF). 1995 Português
Revista: Série Projeto Remac
Título Anoordem crescente Idioma
Hipótese sobre a causa do tectonismo cenozóico na Região Sudeste do Brasil. 1978 Português
Revista: Anuário do Instituto de Geociências/UFRJ
Título Anoordem crescente Idioma
Ocorrência de rocha alcalina na Serra dos Tomazes, Município de Piraí (RJ) e sua relação com o Lineamento de Além Paraíba (nota preliminar). 1977 Português