A violência obstétrica como prática no cuidado na saúde da mulher no processo parturitivo: análise reflexiva