Violência e democracia: o que dizem os dados de 2003