Trauma e Sintoma: da generalização à singularidade