Trabalho vivo como apropriação do inapropriável e criação de formas de vida.