Sobre a noção de galego-português