Simples, mas revolucionário: como a implementação de um grupo de estudos em deficiência intelectual possibilitou intervenções pedagógicas inclusivas e adequação curricular.