'Só por formalidade': a interação entre os saberes antropológico, jurídico e judicial em um 'juicio penal'