Representações sociais da qualidade de vida no HIV/AIDS: o papel do tempo de diagnóstico