Reinventando o audiovisual brasileiro: algumas notas