A questão do método na psicoterapia sob uma perspectiva fenomenológico-hermenêutica