Qual o seu diagnóstico? Infarto do miocárdio por uso de cocaína, associado com piora do strain global e elevação do volume extracelular calculado pelo mapa T1.