Proust e as mídias: o trem, o telefone, a fotografia e o cinema