Política, terror e a singularidade dos acontecimentos