O que há de grotesco no riso da cultura trash?