O Pequeno e o Grande na 'Segunda Consideração Intempestiva' de Friedrich Nietzsche