A NEGAÇÃO DO DIREITO À DIFERENÇA NO COTIDIANO ESCOLAR