A necessidade de suposição de uma simbolização primordial