Narrativa e internet: possibilidades e limites do atendimento psicoterápico mediado pelo computador