A NARRATIVA COMO EXPERIÊNCIA NA SOCIEDADE ADMINISTRADA: AS POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO DO INDIVÍDUO