Joaquim Maria Machado de Assis e José Maria Eça de Queirós sob os filtros da Crítica Textual