A impossibilidade da igualdade jurídica no Brasil