HOMICÍDIOS DE ADOLESCENTES NO BRASIL: A EXIGÊNCIA DE UMA AGENDA DE VALORIZAÇÃO DA VIDA