FATORES PROGNÓSTICOS EM PORTADORES DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA.